Política

Requião Filho critica aumento da intolerância política no Brasil.

“Nosso país não pode ser símbolo de desordem em regresso”.

O Deputado Estadual Requião Filho (PT) usou as redes sociais na manhã desta terça-feira para criticar atitudes de eleitores extremistas, que têm promovido ataques gratuitos de intolerância política, em diferentes cidades do Brasil. Depois do tesoureiro do PT de Foz do Iguaçu Marcelo Arruda, assassinado por um bolsonarista, o fato mais recente foi um tiro que atravessou uma janela de um apartamento, em Curitiba, que exibia uma bandeira do Movimento Sem Terra. No momento do atentado havia uma criança na sala do imóvel, próximo ao local afetado pelo ataque. A família está em choque e registrou boletim de ocorrência.

Para Requião Filho, esse fanatismo deve ser combatido sempre e questionou como pode o desespero de alguns levar a atitudes tão extremas. Em suas redes sociais, publicou um video onde diz:

“Aqui em Curitiba quem cola adesivo no carro, levanta a bandeira (da esquerda) na sua casa corre o risco de sofrer um atentado a tiros, ser agredido fisicamente ou ter o seu automóvel riscado, quebrado. Mas esse não é o nosso jeito! Nós vamos ganhar no amor”, declarou.

O parlamentar falou que o desabafo é necessário para fortalecer quem está quieto ou se sentindo encurralado, em meio ao estardalhaço provocado pelos seguidores do atual presidente, que têm ganhado as ruas. “Nosso país não pode ser símbolo de desordem e regresso. O povo já percebeu que ficar do lado certo da história tem seu preço e, no momento, tem exigido esse silêncio – infelizmente – dos que mais sofrem. Mas a nossa resposta contra eles virá nas urnas no domingo”, finalizou.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Uia!!!