Política

“Semana da Luz” Projeto de Cobra Repórter é aprovado em 1ª discussão na Alep

Imprensa Alep

O projeto de lei que institui a “Semana da Luz” no Estado do Paraná foi aprovado com 45 votos, em 1ª discussão, durante a sessão da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) desta segunda-feira (12). “Nosso Governo é inovador e tem consciência que a energia solar, assim como outras energias alternativas, serão o futuro da humanidade. Precisamos preparar as próximas gerações para esta realidade, por isso o objetivo principal deste projeto de lei é a conscientização sobre o uso eficiente da energia elétrica para a melhoria da qualidade de vida da população”, explicou o deputado estadual Cobra Repórter (PSD), vice-líder do Governo, autor do projeto. Agora, ele segue para 2ª discussão.

Segundo o texto do projeto, a “Semana da Luz” será realizada anualmente na semana que integra o dia 05 de junho (Dia Mundial do Meio Ambiente) e será incluída no Calendário Oficial do Estado do Paraná. Entre os objetivos, estão: ampla reflexão sobre o consumo e produção de energia elétrica racional e responsável; incentivar a produção e a utilização de energias renováveis; conscientização sobre a boa produção e utilização da energia elétrica, buscando sempre o desenvolvimento sustentável; proteção do meio ambiente; promoção de palestras, seminários, workshops, campanhas, mobilizações e outras atividades, que permitam estimular a reflexão sobre uso eficiente e consciente da energia elétrica, com o intuito de conscientizar a população em geral e os demais setores da economia, para a consecução dos objetivos desta lei.

O deputado Cobra Repórter destaca que o Estado do Paraná é um dos maiores polos de matriz energética hidráulica do Brasil e do mundo por meio também da imponente hidrelétrica de Itaipu, em Foz do Iguaçu. “A matriz energética paranaense é responsável por boa parte da energia elétrica utilizada na região sul e sudeste do Brasil, detendo um grandioso potencial e com expressivo aproveitamento hidrelétrico. A principal operadora de distribuição elétrica do Estado do Paraná é supervisionada e coordenada pelo Centro de Operação de Geração e Transmissão da Copel.
Cerca de 93% do sistema energético paranaense provêm de fontes renováveis. Esse fato é motivo de respeito e orgulho para nós, haja vista os grandes problemas ecológicos enfrentados mundialmente em decorrência de atos violentos aos recursos ambientais. Todo esse potencial energético do Paraná corre riscos caso não haja a utilização consciente da energia elétrica”, disse o deputado Cobra Repórter.

No ano de 2021, no Paraná, o consumo de energia elétrica cresceu em 12% em janeiro comparado com o mesmo mês de 2020 de acordo com a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Uia!!!