Japira

Vândalos em motocicletas tiram a paz de moradores em Japira

Da Redação

População de Japira quer providência para coibir abusos de motociclistas
Crédito: divulgação

As rodovias PR-272 e BR-153, que cortam o município de Japira, estão servindo de espaço para vândalos em motocicletas que praticam todo tipo de abusos como rachas e manobras perigosas que estão tirando a paz de moradores residentes as margens dessas duas estradas.

Segundo moradores, sempre ao anoitecer, o inferno começa se arrastando pela madrugada e a paz vai embora, pois, são constantes as farras de motoqueiros que praticam todo tipo de abusos, principalmente as manobras perigosas, sem contar o barulho infernal causado por escapamentos adulterados.

Segundo um morador, que entrou em contato com a redação da Tribuna do Vale na manhã deste sábado, a situação mais preocupante acontece no trecho da rodovia PR-272, que corta o perímetro urbano de Japira, onde há maior concentração de pessoas. “Se nada for feito com urgência, a qualquer momento teremos uma tragédia nesta cidade”, desabafou, pedindo anonimato com medo de represálias.

“Já estamos cansados de acionar o telefone 190 da Polícia Militar e nada é feito. Já ligamos para a Polícia Rodoviária e falam que isso é problema da PM local do município. Estamos abandonados, esquecidos pelo poder público da segurança tanto municipal quanto do estado|, reclamou o mesmo morador.

Os moradores querem que sejam tomadas providências imediatas com relação a essa situação, antes que ocorra uma desgraça. “Os responsáveis pela segurança pública têm o dever de desenvolver ações para coibir esses abusos e abrir investigação e penalizar os responsáveis por essa situação. Sabemos que muitas motos são fruto de roubos e muitos condutores são menores de idade e sem habilitação|, sinaliza outro morador.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios