Geral

UENP realiza gestão dos materiais inservíveis da Instituição

Assessoria Uenp

A Assessoria de Gestão das Políticas de Sustentabilidade (AGPS) da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) realizou a triagem e destinação dos materiais inservíveis e sem patrimônio que encontravam-se armazenados nos Centros de Ciências Humanas e da Educação e de Letras, Comunicação e Artes (CCHE/CLCA). A ação foi realizada nos dias 17, 18 e 21 de março, em parceria com a Direção do Campus de Jacarezinho.

Segundo a AGPS, foram coletados aproximadamente 25m³ de resíduos recicláveis e 10m³ de rejeitos, os quais foram encaminhados respectivamente para a Associação dos Coletores de Materiais Recicláveis da Cidade de Jacarezinho e para um aterro sanitário da construção civil, ambos com licenças ambientais vigentes para transporte e destinação dos resíduos.

A coordenadora da AGPS e engenheira ambiental, Johicy Parra, destaca que a gestão dos materiais inservíveis faz parte das ações voltadas ao Plano de Gerenciamento dos Resíduos Sólidos da UENP. “O documento que está em processo de elaboração vai detalhar a gestão de resíduos em todas as unidades, assim como os fornecedores responsáveis pela coleta de cada material e os procedimentos de gestão, limpeza, educação ambiental e treinamentos relacionados aos resíduos sólidos da instituição”, disse.

O pró-reitor de Planejamento e Avaliação Institucional da UENP, Bruno Galindo, ressaltou que, aos poucos, a AGPS está conseguindo padronizar e regularizar a gestão de resíduos na Instituição e causar impactos positivos na comunidade. “É um grande desafio transformar uma universidade em uma instituição mais sustentável. Precisamos atuar em várias frentes e certamente lidar com um passivo acumulado por anos é algo em que precisamos agir, assim como fizemos com as lâmpadas e agora com o material que estava guardado”, destacou.

“É fundamental dar a destinação correta para cada resíduo. Neste caso em específico, a colaboração da Direção do Campus de Jacarezinho e do pessoal terceirizado de manutenção e conservação predial foi fundamental”, acrescentou Bruno.

O gerenciamento de resíduos no Brasil é orientado pela Política Nacional de Resíduos Sólidos Lei nº 12.305, de 2 de agosto de 2010 e regulamentada pelo Decreto nº10.936, de 12 de Janeiro de 2022. “Nesse contexto, a UENP como grande geradora de resíduos e formadora de cidadãos tem por obrigação legal e institucional realizar a gestão de seus resíduos de forma ambientalmente adequada”, finaliza Johicy.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Uia!!!