Telegram apaga publicação de Bolsonaro após decisão de Alexandre de Moraes

Agencia Brasil

Na noite desta sábado (19), o aplicativo de mensagens Telegram excluiu, uma mensagem publicada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), em seu canal na plataforma. A mensagem apagada pela rede social, trazia uma investigação da Polícia Federal de um ataque hacker contra o TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

A exclusão se dá em cumprimento à uma decisão do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes, que deu 24 horas para o Telegram cumprir ordens judiciais tomadas anteriormente.

A publicação apagada pelo Telegram refere-se a um inquérito da Polícia Federal que, segundo Bolsonaro, comprovava que o sistema eleitoral brasileiro foi invadido. “Segue os documentos que comprovam, segundo o próprio TSE [Tribunal Superior Eleitoral], que o sistema eleitoral brasileiro foi invadido e, portanto, é violável”, pontuou o chefe do executivo.

Agora, no lugar da mensagem está escrito: “Esta mensagem não pôde ser exibida porque este  bot violou as leis locais”.

A publicação apagada pelo Telegram refere-se a um inquérito da Polícia Federal que, segundo Bolsonaro, comprovava que o sistema eleitoral brasileiro foi invadido. “Segue os documentos que comprovam, segundo o próprio TSE [Tribunal Superior Eleitoral], que o sistema eleitoral brasileiro foi invadido e, portanto, é violável”, pontuou o chefe do executivo.

Agora, no lugar da mensagem está escrito: “Esta mensagem não pôde ser exibida porque este  bot violou as leis locais”.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Uia!!!