Sindicato doa viatura paraa PM patrulhar zona rural

Projeto de segurança envolve várias entidades e visa combater criminalidade nas propriedades rurais

Da Redação

Em solenidade realizada na tarde desta sexta-feira (24), na sede da 4a Companhia do 2o BPM de Santo Antônio da Platina, o presidente do Sindicato Rural Patronal do Município, José Afonso Junior, acompanhado de outros dirigentes da instituição e membros da comunidade, realizou a entrega das chaves de uma picape Mitsubishi L-200, que será utilizada em patrulhamento e operações na zona rural do município.

A iniciativa da diretoria do Sindicato contou com apoio de várias entidades, empresas e pessoas, sensibilizadas com onda de criminalidade que vinha impactando a comunidade rural de Santo Antônio da Platina, vítima de furtos, principalmente de gado, insumos agrícolas e maquinários, assaltos violentos, entre outros.

Em entrevista à reportagem da Tribuna do Vale, Junior Afonso, como é carinhosamente chamado, admite que a criminalidade já está bem menor graças a atuação das polícias Militar e Civil, mas considera fundamental proporcionar o suporte necessário para que os organismos policiais continuem desenvolvendo um trabalho preventivo em toda área rural de Santo Antônio da Platina.

O comandante da 4a Cia, Capitão Corsini, agradeceu a iniciativa da diretoria do Sindicato Rural, ressaltando que a segurança pública ocorre a partir do momento em que toda a comunidade se engaje num esforço conjunto, tarefa muito difícil a depender exclusivamente dos organismos policiais.

Planejamento
O trabalho de segurança no campo envolve todo um planejamento estratégico para garantir a eficiência das ações. O principal deles é a conscientização da população rural nos cuidados preventivos e na agilidade das informações. Ao primeiro sinal de anormalidade na área de segurança a família atingida, através da ferramenta de Código QR, entre em contato com a equipe da PM, que fornece todas as coordenas de localização, itinerário, distâncias, vias de acesso e até tempo de deslocamento. Nesta agilidade reside a eficiência da operação.

Coube ao Padre José Antônio, da Paróquia de Santo Antônio de Pádua, realizar as bençãos da viatura policial e aos três policiais da Rocam responsáveis pelas operações na zona rural de Santo Antônio da Platina.

Sair da versão mobile