Geral

Saque FGTS de até R$ 1 mil começa a ser liberado nesta semana; veja datas

Calendário organizado pela Caixa Econômica Federal prevê início dos saques no dia 20 de abril, a partir do mês de nascimento dos trabalhadores inscritos no FGTS.

Por Cecília Fernandes

No próximo dia 20, os trabalhadores poderão solicitar os valores do Saque Extraordinário do FGTS, com valores chegando até R$ 1 mil. Conforme o calendário divulgado pela Caixa Econômica Federal, a liberação acontecerá de acordo com o mês de nascimento do trabalhador e fica disponível até 15 de dezembro deste ano.

Nessa primeira etapa, os trabalhadores que fazem aniversário em janeiro e fevereiro podem sacar o dinheiro. Entretanto, desde o começo de abril está disponível a consulta dos valores disponíveis aos trabalhadores, através do aplicativo do FGTS, disponível para Android e iOS, ou pelo site.

Quem tem direito ao saque FGTS?

Em primeiro lugar, o Saque Extraordinário do FGTS faz parte de um pacote de medidas do Governo Federal, conhecido como o Programa Renda e Oportunidade, para contornar a crise econômica provocada pela pandemia da COVID-19. Desse modo, além do saque, existem outras ações, como a antecipação o 13º salário do INSS e também crédito para microempreendedores.

No geral, estima-se que o programa irá movimentar mais de R$ 160 bilhões na economia, e somente o saque FGTS compreende R$ 30 bilhões a serem liberados para aproximadamente 42 milhões de brasileiros. Nesse sentido, tem direito aos valores os profissionais que tiverem conta aberta no FGTS, desde que tenha saldo e que este não esteja bloqueado.

Por via de regra, o valor de R$ 1 mil fica disponível aos trabalhadores a partir da soma dos saldos disponíveis de todas as contas, desde a atual até as inativas que correspondem a outros contratos profissionais. Sendo assim, o cronograma prevê a liberação primeiro nas contas antigas, começando pela que tem menor saldo, e posteriormente nas contas ativas.

Quando e como acontece o pagamento?
Organizado pela Caixa Econômica Federal, o pagamento acontece automaticamente na conta poupança social digital, gerida pelo aplicativo Caixa Tem (Android e iOS). Posteriormente, fica disponível ao trabalhador movimentar essa quantia, fazendo transferências ou pagando contas diretamente pela plataforma.

No dia 20 de abril, os trabalhadores que nasceram no mês de janeiro podem consultar suas contas para conferir os depósitos. Logo em seguida, no dia 30 de abril, os saques para trabalhadores que nasceram em fevereiro tem início.

Caso o depósito não aconteça automaticamente, é necessário que o trabalhador acesse sua conta no FGTS e atualize os dados para garantir o saque. Além disso, é possível solicitar os valores manualmente pela plataforma, sem atendimento presencial nas agências.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Uia!!!