Capa

S. A. Platina – Obra paralisada de ponte causa revolta

Sem sinalização, obra se transforma em perigo para quem não sabe que antiga ponte foi demolida

Da redação

Uma simples ponte com vão de nove metros e 137 metros quadrados de área construída, sobre o Ribeirão Boi Pintado, no início da Rua Dário Fonseca Martins, no Jardim Murakami, ligando o centro da cidade à rodovia PR-439, está virando um pesadelo para moradores das imediações e comerciantes.

As obras, iniciadas há mais de cinco meses, com previsão de conclusão em 90 dias, estão paradas, prejudicando centenas de pessoas que moram no local e comerciantes e quem usa a via para deslocamento, gerando protestos nas redes sociais, sem qualquer resposta do Departamento de Obras da Prefeitura.

Perigo
Não bastasse os problemas e prejuízos causados à comunidade, a falta de sinalização sobre a interdição da via representa um risco iminente para pessoas de outras localidade que usam a via como acesso ao centro da cidade.

Como se sabe, muita gente utiliza a Rua Dário Fonseca como opção de acesso para quem trafega pela PR-439 e desta, alcançando com facilidade o centro da cidade. Não há qualquer placa ao longo da rua avisando da interdição. O único alerta, uma placa de pequeno porte nas proximidades do leio do riacho, está caída ao solo.

Moradores das proximidades não aguentam mais a situação, obrigados a desviar por outras ruas para ir ao centro da cidade, sem contar o medo de acidentes, principalmente com crianças já que inexiste proteção no entorno da obra inacabada. “Nossa vida virou um inferno desde que iniciaram a construção e agora com tudo parado. Ninguém nos dá satisfação sobre o problema”, desabafou uma moradora.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Uia!!!