Andirá

Prefeitura de Andirá fecha pra desinfecção após 5 positivados

Prefeita e secretária de Saúde se pronunciam nas redes sociais sobre novo decreto

Da Redação

Prefeita e secretária de Saúde orientam sobre novo decreto
CRÉDITO: Reprodução

A Prefeitura de Andirá fechou o prédio administrativo para desinfecção na segunda-feira, 8, e terça feira, 9, após cinco servidores testarem positivos para Covid-19. Os funcionários que tiveram um possível contato na repartição pública já fizeram ou estão fazendo o exame.

Na tarde de terça, a prefeita Ione Abib, juntamente com a secretária Municipal de Saúde, Ednyra Godoy falaram sobre o novo decreto que entra em vigor nesta quarta-feira, 10, nas redes sociais. “O comércio, vai voltar ao funcionamento das 8h às 18h, porém com todos os cuidados. Orientamos aos clientes que visitem somente quando necessário. Bares, lanchonetes e mercados poderão abrir de segunda à sábado das 8h às 20h com atendimento presencial, ou seja, você pode frequentar os ambientes para consumo, mas a responsabilidade será dos comerciantes, em fornecer proteção aos clientes e respeitando o distanciamento social. Aos domingos, bares, mercados e lanchonetes, poderão atender das 8h às 13 horas, após esse horário somente delivery ou retirada no balcão até às 20 horas”, explica Ednyra.

A secretária ressalta que o decreto estará em vigor por sete dias, na tentativa de flexibilizar o decreto anterior do governo do estado, com todas as medidas de segurança, e evitar novos impactos na economia.

As aulas da rede pública ou privada estão autorizadas somente de forma remota. As academias estão liberadas das 6h às 20h com intuito de não ter aglomerações e aos sábados das 6h às 13h.

Cultos e missas apenas online e para celebração da transmissão somente grupos de até 10 pessoas. O atendimento individual espiritual pode acontecer, mas desde que cumprindo todas as recomendações sanitárias.

“Perdemos 4 pessoas em nove dias. Precisamos de conscientização. Não façam festa clandestina, passeios, o próximo pode ser você, um amigo ou um parente. Não existe dinheiro que compre uma vaga na UTI, portanto precisamos de responsabilidade de todos”, alerta a secretária.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios