Geral

PIS/Pasep: após revisão, mais 1,6 mi podem sacar abono salarial; entenda

Depois de constatadas inconsistências em 3,5% dos cadastros na Rais, mais de 1,6 milhão de beneficiários poderão sacar o abono PIS/Pasep.

Por Amanda Lôbo

Após um processamento de dados realizado pelo Dataprev (empresa pública de tecnologia e informações da previdência social) no banco de cadastro da Rais (Relação Anual de Informações Sociais), mais de 1.671.810 trabalhadores foram considerados aptos a receber o abono PIS/Pasep.

Para a verificação, o sistema observou as regras de elegibilidade determinadas pelo Ministério do Trabalho e Previdência (MTP). Com a revisão, o total de beneficiários chega a 24.255.660, totalizando R$ 22,62 bilhões em benefícios.

A mudança não afeta os que já estavam regularizados e/ou recebendo o benefício, e os requisitos para a inclusão de beneficiários seguem sendo os mesmos definidos pelo MTP.

Como consultar o benefício?
Para os trabalhadores vinculados ao PIS, a consulta pode ser realizada através do SAC de número 158 ou através dos aplicativos Carteira de Trabalho Digital, Caixa Trabalhador e Caixa Tem.

No caso dos trabalhadores vinculados ao Pasep, a consulta pode ser realizada no site do Banco do Brasil ou na Central de Atendimento BB (4004-0001 para capitais e regiões metropolitanas, e 0800 729 0001 para o interior).

Quando sacar o abono salarial?
Os trabalhadores que forem habilitados após a revisão deverão estar atentos às regras do calendário regular, que seguem as mesmas para quem já estava apto.

Em 29 de março recebem os trabalhadores que, no calendário inicial, estavam previstos para receber em fevereiro. E no dia 31 de março recebem os trabalhadores que, no calendário inicial, receberiam em março.

Para os demais, seguem vigentes as datas definidas no calendário oficial (para consultar na íntegra, acesse o portal do Abono Salarial no site da Caixa Econômica Federal).

Como sacar o abono PIS/Pasep?
Os trabalhadores vinculados ao PIS poderão sacar o benefício da conta corrente ou poupança, já que o depósito é feito automaticamente pela Caixa Econômica Federal. Quem não possuir conta na Caixa, receberá o valor por meio da Conta Social, que pode ser movimentada através do aplicativo Caixa Tem (mencionado acima).

Quem não possuir nenhuma das contas, poderá realizar o saque com o Cartão do Cidadão nos caixas eletrônicos, lotéricas e agências.

Já no caso dos trabalhadores vinculados ao Pasep, o saque poderá ser realizado através da conta corrente ou poupança do Banco do Brasil. Quem não possuir conta no BB poderá transferir o valor para a sua conta pessoal nos caixas eletrônicos, agências ou pelo site.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Uia!!!