DestaquesEconomia

Petróleo reverte perdas recentes e fecha em alta

O preço do petróleo está sofrendo alterações devidos a diversas dinâmicas que estão ocorrendo atualmente. Entenda o que está acontecendo!

Por Darlan Goulart

No dia 12 de abril de 2022 os contratos futuros do petróleo fecharam em alta, dessa forma, revertendo o quadro que estabeleceu-se nas últimas semanas envolvendo o lockdown na China e com a liberação estratégica de reservas dos Estados Unidos e aliados.

Nesse sentido, o contrato do petróleo Brent, referência global, no que refere-se ao mês de junho, fechou em 6,25%, custando US$104,64 por barril. Em contrapartida, o WTI americano para maio avançou em torno de 6.69%, custando US$100,60 por barril. Em vista disso, mesmo com o “salto” o Brent segue tendendo a uma queda de 0,4% ao mês e o WTI mantém-se estável, praticamente.

De fato, negociou-se o petróleo em alta desde o início do dia devido aos sinais de flexibilização em Xangai, a partir da flexibilização, permitindo que metade da população da capital financeira da China pudesse movimentar-se. Todavia, o preço do petróleo, no dia 11 de abril de 2022 foi pressionado devido ao anúncio de lockdown em Guangzhou. Porém, as medidas não foram tão restritivas como as que ocorreram em Xangai.

Além disso, os investidores também analisaram o alerta emitido pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) que afirmava ser praticamente impossível substituir o petróleo russo caso ocorra uma proibição por parte da União Europeia. De qualquer forma, o petróleo está sendo negociado a valores iguais aos que antecedem a guerra entre Rússia e Ucrânia.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Uia!!!