DestaquesPolítica

Pequenos agricultores de 69 cidades do Paraná podem ter desconto no Pronaf

Assessoria

O prefeito de Santa Cruz de Monte Castelo, Fran Boni (PSD), adiantou nesta sexta-feira, 15, ao deputado Luiz Claudio Romanelli (PSD) que pequenos produtores rurais de 69 cidades paranaenses poderão acessar o desconto de 35,2% no pagamento de parcelas do Pronaf. O benefício se estende aos agricultores que tiveram perdas causadas pela estiagem na safra 2021/22.

“A Defesa Civil Nacional reconheceu em janeiro 69 municípios do Paraná em situação de emergência devido à seca do final do ano passado e começo desse ano, o que comprometeu a nossa produção agrícola. Em virtude disso, o governo federal baixou um decreto dando 35,2% de desconto nos pagamentos do Pronaf (Programa Nacional da Agricultura Familiar)”, disse Fran Boni.

Romanelli disse que o desconto veio em boa hora e o governo federal reconheceu as perdas que atingiram, sobremaneira, a agricultura familiar. “É um fôlego para que as famílias possam reorganizar a produção que é muito importante, principalmente, agora em tempos de inflação em que todos precisam ter acesso a alimentos mais em conta. É a agricultura familiar que fornece a comida do dia a dia de todos os paranaenses”, disse.

Dos 69 municípios paranaenses, além de Santa Cruz de Monte Castelo, o desconto pode ser acessado ainda pelos pequenos agricultores de Rebouças, Realeza e Santa Mônica, cidades da base parlamentar do deputado. “Na hora de pagar o Pronaf, o agricultor deve conversar com o banco para ter direito a esse desconto”.

Como funciona – Romanelli destaca o trabalho da Defesa Civil que reconheceu a situação dos municípios afetados pela estiagem. “Esses municípios atingidos e reconhecidos pela Defesa Civil podem solicitar recursos do Ministério de Desenvolvimento Regional para atendimento à população afetada, restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de equipamentos de infraestrutura danificados pelo desastre”, disse. 

O desconto para o pagamento de parcelas do crédito agropecuário atende os produtores do Paraná e outros três Estados: Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul. O Deral (Departamento de Economia Rural) estima prejuízos na ordem de 45% na soja e 32% no milho. Em termos financeiros, o rombo deve passar dos R$ 30 bilhões ao Valor Bruto de Produção Agropecuário.

O auxílio vale para as parcelas das operações de crédito rural de custeio e de investimento vencidas e/ou que vencem no período de 1º de janeiro a 31 de julho de 2022. Outra regra importante é que, para se beneficiar do desconto, o crédito deve ter sido contratado até 31 de dezembro de 2021 e estar sem inadimplência.

O decreto prevê também que, caso não haja pagamento da parte do produtor mesmo depois de obter desconto, haverá ainda a possibilidade do saldo em débito ou a parcela terem prazo de pagamento prorrogado – se ficar comprovada a perda da receita nos empreendimentos vinculados.

Confira a lista completa das cidades paranaenses que obtiveram o reconhecimento federal de situação de emergência

  1. Ampére
  2. Ariranha do Ivaí
  3. Assis Chateaubriand
  4. Barbosa Ferraz
  5. Bela Vista da Caroba
  6. Boa Esperança do Iguaçu
  7. Bom Sucesso do Sul
  8. Borrazópolis
  9. Califórnia
  10. Campo Magro
  11. Capanema
  12. Capitão Leônidas Marques
  13. Chopinzinho
  14. Coronel Vivida
  15. Cruz Machado
  16. Cruzeiro do Oeste
  17. Diamante D’Oeste
  18. Enéas Marques
  19. Engenheiro Beltrão
  20. Espigão Alto do Sul
  21. Flor da Serra do Sul
  22. Francisco Beltrão
  23. Godoy Moreira
  24. Honório Serpa
  25. Irati
  26. Iretama
  27. Ivaiporã
  28. Kaloré
  29. Laranjal
  30. Laranjeiras do Sul
  31. Lidianópolis
  32. Lobato
  33. Mallet
  34. Manfrinópolis
  35. Mangueirinha
  36. Marechal Cândido Rondon
  37. Maripá
  38. Marmeleiro
  39. Mercedes
  40. Nova Esperança do Sudoeste
  41. Nova Laranjeiras
  42. Nova Londrina
  43. Nova Prata do Iguaçu
  44. Nova Santa Rosa
  45. Pato Bragado
  46. Paulo Frontin
  47. Peabiru
  48. Pérola D’Oeste
  49. Planalto
  50. Prudentópolis
  51. Quedas do Iguaçu
  52. Quinta do Sol
  53. Realeza
  54. Rebouças
  55. Rio negro
  56. Salgado Filho
  57. Salto do Lontra
  58. Santa Cruz de Monte Castelo
  59. Santa Helena
  60. Santa Izabel do Oeste
  61. Santa Mônica
  62. Santa Terezinha de Itaipu
  63. Santo Antônio do Sudoeste
  64. São João do Ivaí
  65. São José das Palmeiras
  66. São Mateus do Sul
  67. São Pedro do Ivaí
  68. Toledo
  69. Tupãssi

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Uia!!!