Cornélio Procópio

Obras do Hospital Regional de Cornélio Procópio já alcançam 96%

Município intensifica entendimentos para a  compra da mobília e dos equipamentos

Ataíde Cuqui

Amin:  meta agora é agilizar o processo de licitação dos equipamentos.

O Hospital Regional de Cornélio Procópio já está com 96% de suas obras prontas. A informação foi prestada pelo prefeito Amin Hannouche, depois de receber,  sexta-feira da semana passada (16) em seu gabinete, uma equipe da agência regional da Caixa Econômica Federal (CEF) de Londrina, que trouxe pessoalmente o atestado que indica o estágio atual da obra. Agora, só depende mesmo da liberação de recursos do Governo do Estado para compra de mobília e dos equipamentos  para começar a funcionar.

“Com a graça de Deus, estamos chegando ao final desta obra, restando apenas 4% para a finalização e entrega ao município. Isto nos dá um alento e faz com que possamos prosseguir nas tratativas junto ao governo estadual para a liberação dos R$20 milhões necessários à aquisição dos equipamentos”, disse Amin Hannouche após o encontro com os representantes da CEF.

Disse que esteve recentemente com o deputado Luiz Cláudio Romanelli (PSB) – que está servindo de elo nos entendimentos entre o município e o governo do estado para a liberação do recurso – e finalizando com sua equipe o orçamento completo desses materiais. “Estamos colhendo vários orçamentos para que possamos obter um preço médio de todos os equipamentos necessários ao funcionamento do hospital”, adiantou. 

Demandas – A meta, segundo o prefeito Amin, é agilizar o processo de licitação e entregar o ofício endereçado ao secretário estadual de Saúde, Beto Preto, e ao governador Ratinho Júnior. Com esse documento é que será elaborado o termo de convênio para o repasse do recurso para que o município possa comprar esses equipamentos. Estas são as duas principais demandas para a liberação do recurso e conclusão da obra.

O hospital está sendo construído em uma área de 7.613,77 quadrados  no Conjunto Residencial Professora Marta Dequech (zona norte da cidade). Está em uma região que engloba, além de Cornélio Procópio, cerca de 220 mil moradores dos municípios de Assaí, Congonhinhas, Curiúva, Itambáracá, Leópolis, Nova América da Colina, Nova Fátima, Rancho Alegre, Santa Amélia,  Santa Cecília do Pavão, Santa Mariana, Nova Santa Bárbara, Santo Antônio do Paraíso, São Jerônimo da Serra, São Sebastião da Amoreira, Sapopema, Sertaneja e Uraí.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios