Norte Pioneiro

Norte Pioneiro avança na construção do plano de desenvolvimento

Da Assessoria


As potencialidades do Norte Pioneiro e os caminhos para alavancar o desenvolvimento regional são as duas principais metas nos três maiores municípios da região. Uma nova etapa do programa Paraná Produtivo foi realizada nesta semana ,em Santo Antônio da Platina e Jacarezinho. Na próxima semana será a vez de Cornélio Procópio. O programa busca identificar potências e carências de cada região e planejar um desenvolvimento produtivo integrado entre os municípios.

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) lembra que as três cidades já passaram pela primeira fase do programa, que são as oficinas de diagnóstico. “Foi um encontro com as lideranças regionais para a coleta de informações e identificar as demandas, com destaques nas potencialidades, fragilidades, perspectivas e oportunidades que poderão alavancar o desenvolvimento produtivo do Norte Pioneiro. Todos os municípios estão unidos para se preparar para a retomada da economia”, disse o deputado nesta quinta-feira, 8.

A Oficina de Oportunidades de Parcerias, atual etapa, identifica quais os potenciais parceiros institucionais públicos e privados que podem colaborar para a execução de ações efetivas para o desenvolvimento econômico do Norte Pioneiro. Os principais temas abordados são referentes à infraestrutura, capacitação de pessoas e fortalecimento dos sistemas produtivos.

Os participantes recebem orientações e informações acerca das oportunidades de investimentos, projetos estruturantes, programas e iniciativas a serem implementadas, como pavimentação de estradas rurais, retomada do turismo, apoio ao pequeno produtor e ao cooperativismo e energias renováveis.

“A Assembleia Legislativa e o Governo do Estado têm objetivos comuns, de garantir os investimentos necessários aos municípios para promover o desenvolvimento e a retomada da economia. Os deputados e as deputadas ouvem as demandas da população e apresentam as propostas ao Governo do Estado que, conforme o planejamento e a vocação de cada região, atende aos pedidos formulados pelos parlamentares”, explica Romanelli.

Oficinas — O deputado reforça que, por conta da pandemia, as oficinas são em formato virtual, seguindo com as ferramentas digitais para garantir que as atividades do programa sejam mantidas mesmo à distância. Nas salas virtuais participam cerca de 100 pessoas entre técnicos e secretários municipais, representantes do setor produtivo, de universidades e da sociedade civil organizada, além do comitê técnico formado por especialistas de diversas instituições.

Em todo o Estado, o Paraná Produtivo reúne 202 municípios nas oito regiões prioritárias (Jacarezinho/Santo Antônio da Platina, Cornélio Procópio, Paranavaí, Cianorte/Umuarama, Campo Mourão, Guarapuava, Irati/União da Vitória e Castro/Telêmaco Borba). Essas regiões concentram 30% da população paranaense (3,3 milhões de pessoas) e 25% do PIB (Produto Interno Bruto) estadual.

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios