Santana do Itararé

Morre Roseli Machado, campeã da São Silvestre criada em Santana do Itararé

Atleta, que também disputou as Olimpíadas de Atlanta, foi a vencedora da corrida de rua mais popular do Brasil em 1996 e faleceu aos 52 anos nesta quinta-feira 

Da Redação

Roseli e a história vitória na São Silvestre de 1996

 O atletismo brasileiro perdeu nesta quinta-feira (08) um dos grandes ícones femininos de sua história. Trata-se de Roseli Machado, de 52 anos, campeã da São Silvestre de 1996 e atleta olímpica, que foi criada em Santana do Itararé, onde despontou para o esporte ainda adolescente, e faleceu em Curitiba por complicações da Covid-19.

 Natural de Coronel Macedo (SP), mudou ainda criança para Santana do Itararé, onde foi criada. Na adolescência sua aptidão para o esporte logo chamou a atenção de professores. Aos 14 anos foi convidada a treinar em Londrina e confirmou o talento, sendo a maior atleta olímpica feminina de sua geração. 

Sua proximidade com Santana se manteve apesar da fama e foram várias as reportagens que mostravam Roseli treinando, por exemplo, às margens da PR-151 nas tradicionais plantações de banana que margeam a rodovia. 

Especialista em provas de 5 mil metros à maratona, Roseli colecionou vitórias em disputas por todo o Brasil e também no exterior. Esteve nas Olimpíadas de Atlanta, em 1996, mas seu desempenho acabou prejudicado por uma lesão sofrida durante a prova. 

Desde 2002 passou a atuar como treinadora de atletismo após se graduar na área. Roseli estava há duas semanas entubada por graves complicações causadas pela Covid-19.  

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
%d blogueiros gostam disto:

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios