Jovem platinense busca a consagração como goleiro

Jhonatan, de 19 anos, está na equipe Nação Esporte, em Joinville (SC)

Por Fábio Galhardi – Especial para Tribuna do Vale

Há dois anos ele era visto pelo bairro onde a família reside, Jardim Bela Vista, em Santo Antônio da Platina, vendendo rosquinhas, tortas, pasteis, o mesmo tentando fazer na escola, com o objetivo de arrecadar recursos para buscar seu sonho e ingressar no cenário futebolístico, tão disputado para se firmar quando se trata de garotos do interior.

Filho de Paulo Ribeiro e Sheila Maria Ferreira, o jovem Jhonatan Ferreira Ribeiro, tem 19 anos de idade e atua na posição de goleiro, por sinal, uma das mais desafiadoras, porque, na mesma hora que é considerado um herói por uma boa defesa, um pênalti defendido ou feito uma partida exuberante, só levar um gol através de uma jogada inesperada, vira vilão. O goleiro é a última peça da equipe na construção da defesa, evitando os chutes, cruzamentos, por baixo ou pelo alto, sempre é exigido um desempenho acima da média dos atletas de outras posições. O jovem platinense tem 1,89 cm de altura.

É neste meio, que Jhonatan tenta conquistar seu lugar. Aos sete anos de idade treinou na Escolinha de Futsal da Upe Clube de Campo, parando algum tempo depois, mas, por incentivo do pai, voltou ao grupo de garotos que eram treinados pelo Ataide Donizete Davelly. Depois de um ano, resolver deixar o futsal e partiu para o futebol de campo na escolinha paralela no mesmo clube social e esportivo platinense. Foi para o município de Cambé, no Clube Atlético Cambé e em Londrina.

Através desta oportunidade, em Goioerê, tornou-se campeão na Copa Internacional de Goioerê e teve seu desejo ainda mais fortalecido de engrenar-se no futebol. Fez teste na Capital Paranaense e, não hesitou em continuar arriscando, mesmo sabendo de toda a dificuldade, também financeira para se manter.

Hoje, o filho de Paulo e Sheila está no Nação Esportes Futebol Clube, em Joinville (SC) e, por lá, disputando o Campeonato Catarinense da Série B Sub-20/2022. Aliás, a segunda rodada desta competição acontece neste sábado, dia 19, às 15h, quando sua equipe enfrenta o time Internacional, jogo que acontece no Vidal Ramos Júnior, em Lajes (SC).
Sheila, orgulhosa da persistência do filho, disse “ele merece, porque é um menino de ouro, esforçado e sabe aonde quer chegar, sempre com os pés no chão, pois está consciente que a carreira inicial do futebol é muito sofrida”. Ela é uma motivadora do filhão: “Ele me enche de alegria, é um filho abençoado e desejo a ele toda felicidade do mundo”.

Recentemente, Jhonatan participou de um quadro num programa esportivo da Sportv, o ‘Vida de Atleta’. Na ocasião, ao falar sobre o que mais o motiva na busca de seu sonho, respondeu que “sem dúvida alguma o que mais me motiva é a minha família. A minha família tem uma base muito importante. Acredito que não só a minha, mas na vida de todo o atleta, é muito importante ter a família sempre ali junto contigo”. E completou falando porque não desiste de seu sonho: “é que um dia quero olhar lá atrás e ver que tudo o que eu almejava eu realmente consegui. E este sonho também não é só meu, mas de minha família inteira. Eles estão sempre comigo desde os nove anos de idade”.

Ao falar sobre o que significa para ele a frase: ‘o sabor da vitória’, Jhonatan foi taxativo: “Tem um gosto diferente, para quem vem de baixo, para quem está acostumado com pouco”. Estando agora envolvido com uma realidade, que até então, era fruto de uma mente sonhadora, o garoto platinense já saboreia a oportunidade de conhecer lugares diferentes, onde atua a equipe que defende as cores. “já fizemos viagens e amizades; se não fosse o futebol não teria conhecido lugares que conheci, não teria feito os amigos que fiz na trajetória do futebol”, disse ele mesmo estando numa precoce caminhada futebolística, tendo um futuro esperançoso pela frente.

Uma frase que lhe marcou muito e o motivo dia-a-dia é: “‘Que nenhuma situação é ruim’. Eu digo isso porque, que pessoa você seria se não tivesse passado pelo que está passando. Então, você é o personagem principal de seu livro. E nenhum livro é maravilhoso e perfeito”.

O time de Jhonatan, o Nação Esportes, estreou no Campeonato Catarinense Sub-20, jogando e vencendo o Guarani, de Palhoça, pelo placar de 3×1, partida ocorrida no dia 12 último, no Centro de Treinamento (CT) Vilson Florêncio (JEC).

Participam desta competição, além do Nação Esportes, os seguintes clubes catarinenses: Criciúma, Metropolitano, Carlos Renaux, Guarani, Tubarão, Internacional, Atlético Catarinense, Blumenau e Caravaggio.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Uia!!!