Barra do Jacaré Jacarezinho

Vereadores criam movimento pela pavimentação da PR-515

Os 28 km da rodovia entre Barra do Jacaré e Jacarezinho tiveram as obras iniciadas e interrompidas há cerca de duas décadas 

Da redação com Marcos Junior


Um movimento liderado pelos presidentes das Câmaras de Jacarezinho e Barra do Jacaré, Fúlvio Boberg e Izael Dutra, respectivamente, está sendo lançado com vistas a sensibilizar o governo estadual para realizar a pavimentação da PR-515, que liga essas duas cidades, que chegou a ter as obras iniciadas há cerca de duas décadas, mas que nunca foram concluídas.

Reunião neste sentido aconteceu na quinta-feira, (01/08), entre os presidentes dos legislativos municipais. Em pauta a pavimentação asfáltica da PR-515 que liga os dois municípios, numa extensão de aproximadamente 28 quilômetros ligando a PR-515 à PR-431, entre Jacarezinho e Cambará.

“É importante esta união entre as duas cidades. Com isto diminuiria a distância e também o custo para quem precisa fazer o trajeto”, explica Izael Dutra, além do incentivo à economia dos dois municípios. No documento, os vereadores de Barra do Jacaré destacam que o município de Jacarezinho conta com faculdades, regionais administrativas do Estado, Receita Federal, entre outros órgãos.

Para Fúlvio Boberg é importante a união entre os dois municípios em prol desta ação. “Contamos com o apoio de todos os vereadores dos dois municípios para a assinatura do documento. Iremos solicitar uma agenda diretamente com o governador Ratinho Junior para a entrega do documento que pede esta melhoria”, explica.

Além disto, o presidente da Câmara de Jacarezinho também ressalta que o investimento nesta rodovia seria uma alternativa para os motoristas que utilizam o trecho da BR-369 e pagam a tarifa de pedágio. “São vários benefícios que serão gerados com esta obra”, assinala Boberg.

Poeira 

A PR-515 teve sua pavimentação iniciada na gestão do ex-governador Jaime Lerner. Cerca de 305 do traçado chegou a receber obras de infraestrutura e pouco mais de um quilômetro recebeu pavimento, mas que acabou sedo destruído pelo tempo após a interrupção dos serviços.

O drama agora é vivido por comunidades de dois bairros do perímetro urbano de Barra do Jacaré, o Água Branca e Nova Aurora, com dezenas de moradores que enfrentam a poeira gerada por caminhões que transportam cana-de-açúcar para a Usina Dacalda. 

Recentemente o prefeito de Barra do Jacaré, Adalberto de Freitas Aguiar, o Berano, esteve na sede do Departamento de Estradas de Rodagens do Paraná (DER) e obteve a promessa da liberação de frisado (subproduto do asfalto obtido a partir da reforma de rodovias), para aplicação no trecho que passa pelos dois conjuntos habitacionais, porém, trata-se de uma medida paliativa. A solução definitiva é a pavimentação, argumentam os vereadores.   

Deixe um Comentário