Conselheiro Mairink Jacarezinho Santo Antônio da Platina

UENP produz máscaras para distribuição gratuita

Máscaras serão distribuídas junto com cestas básicas que escolas levarão às famílias, aos funcionários de asilos
CRÉDITO: DIVULGAÇÃO

Da Redação / Assessoria


Professores e alunos da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) estão confeccionando máscaras para serem distribuídas gratuitamente à população. A iniciativa faz parte do projeto FisioArte e tem como objetivo colaborar com medidas de contenção da disseminação do coronavírus. 

A confecção das máscaras, feitas à partir de algodão e tnt, teve início dia 5 deste mês e irá beneficiar moradores dos municípios paranaenses de Jacarezinho, Santo Antônio da Platina, Assaí, Santa Mariana e Conselheiro Mairinck, além dos paulistas Ourinhos, Bauru, Piraju, Santa Cruz do Rio Pardo, Cândido Mota, Nova Olímpia, Itaporanga e Guareí, que são onde vivem os alunos que integram a ação. 

“Pensando na dificuldade de acesso de parte da população, decidimos confeccionar máscaras de algodão e tnt, seguindo as recomendações do Ministério da Saúde, para distribuir para pessoas das cidades onde os alunos integrantes do projeto residem, já que nesse período de quarentena todos estão em suas casas”, afirma a coordenadora do projeto, professora Ana Carolina Tsunoda Del Antonio. 

As máscaras, como informa a professora, serão distribuídas junto com cestas básicas que escolas levarão às famílias, aos funcionários de Asilos, para que possam utilizar durante a rotina de trabalho, em supermercados e locais públicos, onde todos possam ter acesso sem custo nenhum. O projeto, que teve início com materiais cedidos pelos próprios estudantes e também arrecadados em doações em seus municípios, conta com a ajuda de 21 alunos. 

A aluna Amanda Amanda Yasmin, do 4º ano de Fisioterapia , partilha ser a participação no projeto uma forma de demonstrar solidariedade principalmente pelo momento de crise sanitária. “É gratificante poder ajudar na confecção das máscaras e observar a dedicação de todos os envolvidos. Que o projeto sirva de inspiração para muitas outras pessoas”, incentiva.

Maria Eduarda Guadagnucci Pereira da Silva, do 2º ano do curso, disse de sua satisfação em poder ajudar. “Fazer parte dessa equipe me faz muito bem. Nesse tempo de quarentena, nosso objetivo principal é confeccionar o máximo de máscaras que pudermos para atingir as pessoas mais necessitadas de nossas cidades”.

O projeto realizará ainda orientações para o uso das máscaras, higienização e conscientização por meio das redes sociais @projetofisioarte (Instagram) e Projeto Fisio Arte (facebook). Quem se interessar em receber máscaras pode se cadastrar pelo seguinte endereço: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSc68cZ8dUw4H50UQMJN2t8PEBqWePuIZD99d0ysy40qYkoFJQ/viewform.

Deixe um Comentário