Policial Santo Antônio da Platina

Tribunal julga fisioterapeuta acusado de tentar matar ex-mulher

Freitas foi preso logo após o crime denunciado à Justiça pelo crime de homicídio duplamente qualificado tentadoFoto: Arquivo Pessoal

O Tribunal do Júri da Comarca de Santo Antônio da Plaina julga nesta quarta-feira (19), o fisioterapeuta Wagmar de Freitas, denunciado pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR) pelo crime de homicídio duplamente qualificado tentado.

De acordo com o MP, no dia 26 de fevereiro de 2016, por volta das 10h14, na rua Augusto Batista de Freitas – Conjunto Doutor Jamidas, Freitas, consciente e com a intenção de matar por motivo fútil, em razão de sua ex-mulher não ter aceitado reatar o relacionamento tentou assassiná-la a facadas.

vontade, pois, após esfaquear a vítima, evadiu-se do local em seu veículo, um VW Gol, de cor branca, e Roseni foi socorrida por sua irmã e populares e encaminhada ao Pronto Socorro.

Freitas foi preso logo após o crime denunciado à Justiça pelo crime de homicídio duplamente qualificado tentado
Foto: Arquivo Pessoal

O início do julgamento está previsto para as 9 horas e os trabalhos da acusação e da defesa devem se estender o dia todo.

Ainda conforme o Ministério Público, o fisioterapeuta, mediante recurso que dificultou a defesa da vítima, já que escondeu a faca de metal com lâmina de aproximadamente 25 centímetros debaixo de sua camiseta, desferiu, de surpresa, sete golpes em Roseni Barbosa dos Santos, atingindo três nas costas, duas no tórax, uma no braço esquerdo e outra no braço direito, não conseguindo consumar o crime por circunstâncias alheias à sua

Deixe um Comentário