Educação Paraná

Treinamento e interação serão marcas da Educação, diz Ratinho Junior

Governador abriu encontro que reúne diretores de escolas estaduais, chefes dos Núcleos Regionais e coordenadores pedagógicos

Governador quer Secretaria de Educação mais próxima dos professores, diretores e alunos
CRÉDITO: AEN

Da Agência Estadual


Iniciativas de capacitação de professores e de equipes pedagógicas e administrativas da rede estadual de ensino serão constantes nesta gestão, afirmou o governador Carlos Massa Ratinho Junior, ao abrir nesta terça-feira (22) o Seminário Aprendizagem em Foco – 2019, que acontece em Faxinal do Céu, no município de Pinhão (Centro-Sul). O encontro reúne diretores de escolas, chefes de Núcleos Regionais de Educação e coordenadores pedagógicos das regionais para alinhar ações antes do começo do novo ano letivo.

Na abertura, Ratinho Junior disse que a ideia é fazer treinamento e qualificação dos profissionais da área periodicamente. “O mais importante é a interação, fazer com que a Secretaria de Educação saia do gabinete e fique mais próxima dos professores, diretores e, em especial, dos alunos”, disse o governador.

Organizado pela Secretaria da Educação, o encontro, que prossegue nesta quarta-feira, é o primeiro de uma série de três e reúne gestores dos Núcleos Regionais de Foz do Iguaçu, Cascavel, Laranjeiras do Sul, Guarapuava, Dois Vizinhos, Francisco Beltrão e Pato Branco. Os demais participarão dos dois próximos encontros.

“Pretendo alinhar as ações da Secretaria da Educação com os gestores das escolas antes do início das aulas. Precisamos trabalhar em conjunto pela melhoria na qualidade de ensino no Paraná. Todos, dos diretores aos professores e funcionários, são importantes para esta conquista”, afirmou Ratinho Junior.

O governador destacou a responsabilidade dos diretores no processo de volta as aulas. “Queremos focar na área pedagógica, melhorar muito o aprendizado dos alunos, além de ampliar o relacionamento da Secretaria com os profissionais de educação”, destacou.

Acompanhado do secretário da Educação e do Esporte, Renato Feder, e do presidente da Fundepar, José Maria Ferreira, o governador entregou prêmios às escolas que tiveram os melhores resultados ou que mais melhoraram o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) em cada núcleo.

Ratinho Junior também apresentou projetos para a área, como o Escola Segura, para combater a evasão escolar e trazer mais segurança ao entorno das escolas, e Ganhando o Mundo, que prevê a concessão de bolsas de intercâmbio para o exterior a estudantes dos ensinos fundamental e médio. Ele também destacou a proposta de oferecer três refeições diárias por turno, com alimentos adquiridos da agricultura familiar.

PROTAGONISMO — De acordo com o Secretário da Educação, Renato Feder, o seminário foi pensado para ser um momento de protagonismo dos diretores, com o desenvolvimento de atividades que inspirem todos os profissionais a trocar ideias e soluções para os desafios de melhorar a aprendizagem.

“Estamos buscando soluções para melhorar a aprendizagem, e o diretor é a estrela neste processo, porque ele é o regente da escola”, disse Feder. “Precisamos alinhar, conversar, mostrar o que estamos pensando e escutar dos diretores suas necessidades. São dois dias de trabalho que vai mostrar ao gestor como ajudar os professores a dar uma aula melhor e como exercer seu papel de liderança”, explicou.

SEMINÁRIO — O cronograma de atividades do seminário incluí, entre outras, a apresentação de dados do IDEB de 2017 do Paraná com o objetivo de identificar as boas ações implementadas pelas escolas que cresceram na nota e organizar o trabalho pedagógico. As atividades serão organizadas em oficinas, de maneira que todos os participantes tenham acesso a conteúdos e discussões variados.

O superintendente de Educação da Secretaria, Raph Gomes Alves, explicou que o seminário busca compartilhar boas práticas em educação, com exemplos que vem de dentro e de fora do Estado. “Trouxemos para as oficinas relatos de experiências de diretores que têm conseguido superar os desafios, como garantir a permanência do estudante na escola”, disse.

Para Dilce Cardoso, diretora do Colégio Estadual Leni Marlene Jacob, de Guarapuava, o encontro é importante para alinhar as diretrizes para este ano letivo. “A expectativa é de sempre melhorar. Precisamos que nossos alunos estejam cada vez mais bem preparados para enfrentar o mundo do trabalho, a universidade ou aquilo que desejarem fazer”, afirmou. “Como gestores, precisamos estar atentos e acompanhando, e esse seminário pode mostrar novas ferramentas e possibilidades para melhorar a educação”, disse.

PRESENÇAS — Participaram do evento o chefe da Casa Civil, Guto Silva; o secretário do Planejamento, Valdemar Bernardo Jorge; o presidente da Copel, Daniel Pimentel Slaviero; o diretor de Geração e Transmissão da Copel, Sérgio Lamy; e o deputado estadual Hussein Bakri.

Seminário atenderá todas as regionais, em três eventos

O Seminário Aprendizagem em Foco 2019 acontece em três datas: 22 e 23 de janeiro, em Faxinal do Céu, para as regionais de Foz do Iguaçu, Cascavel, Laranjeiras do Sul, Guarapuava, Dois Vizinhos, Francisco Beltrão e Pato Branco; 24 e 25, também em Faxinal do Céu, para as regionais de Campo Mourão, Pitanga, Ivaiporã, Goioerê, Cianorte, Paranavaí, Loanda, Umuarama, Assis Chateaubriand e Toledo, e de 29 e 30, em Curitiba, para as regionais de Curitiba, Área Metropolitana Norte, Área Metropolitana Sul, Paranaguá, Ponta Grossa, União da Vitória, Irati, Wenceslau Braz, Telêmaco Borba, Ibaiti, Jacarezinho, Cornélio Procópio, Apucarana, Londrina e Maringá.

Deixe um Comentário