Cornélio Procópio Destaque Eleições Ribeirão Claro

TRE: Amunorpi ameaça denunciar Cida se criar Medicina antes da eleição

Prefeito de Ribeirão Claro vê criação de curso em Cornélio Procópio como compra de voto

Da Redação

Pereira entende que a pressa pela criação do curso sugere cooptação de voto com uso da máquina pública
Foto: Antônio de Picolli/Arquivo

O prefeito de Ribeirão Claro, Mario Augusto Pereira (PSC), em entrevista que concedeu ontem à tarde por celular, informou que vai sugerir ao colegiado de 26 prefeitos filiados à Associação dos Municípios do Norte Pioneiro (Amunorpi) a adoção de medida judicial junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) caso a governadora Cida Borghetti (PP) assine o decreto de criação do curso de Medicina da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), no campus de Cornélio Procópio, antes das eleições de 7 de outubro.

Pereira entende que a pressa com que a criação do curso de Medicina vem sendo preparada sugere cooptação de voto com uso da máquina pública. Para ele, é uma situação absurda. Em algumas semanas foi anunciado a escolha do campus de Cornélio Procópio, liberado R$ 8 milhões para início da estrutura, elaborado e aprovado o projeto pedagógico e, agora, já se fala na assinatura da criação do curso antes das eleições.

“Se a governadora Cida Borghetti assinar o decreto criando o curso de Medicina antes das eleições, vou pedir ao presidente da Amunorpi que convoque uma reunião de emergência para aprovarmos a interposição da denúncia no TRE. Isso se configuraria crime eleitoral”, desabafou.

Para o prefeito, vários políticos, entre os quais, o deputado federal Alex Canziani (PTB) e o deputado estadual, Luiz Cláudio Romanelli (PSB) contribuíram para que o curso de Medicina da UENP fosse para Cornélio Procópio. Para ele, o Norte Pioneiro se sente traído e sua população deve responder nas urnas essa traição, inclusive com a própria governadora que é candidata à reeleição.

Pereira gravou um vídeo que postou nas redes sociais manifestando sua indignação contra a manobra política que tirou do Norte Pioneiro um sonho acalentado há mais de 20 anos. O prefeito chegou a manifestar diretamente à governadora Cida Borghetti quando ela esteve em Jacarezinho, em abril, na inauguração da nova sede da Amunorpi.

Correria

Na edição de ontem a Tribuna do Vale estampou em manchete a celeridade com que o projeto de criação do curso vem sendo desenvolvido na UENP. O próprio prefeito de Cornélio Procópio. Amin Hannouche se manifestou afirmando que estaria em Curitiba a partir de quarta-feira (18) para acompanhar a tramitação do processo na secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. Ele tem expectativa que a governadora Cida Borguetti assine o decreto de criação do curso antes das eleições.

Deixe um Comentário