Economia Santo Antônio da Platina

Sindicato divulga horário do comércio no fim de ano

Comerciantes estabeleceram escala especial que começa a vigorar a partir do dia 13 de dezembro

Dayse Miranda – especial para Tribuna do Vale


Abertura do Natal de Luz acontece no dia 12 de dezembro com mais quatro apresentações
CRÉDITO: Antônio de Picolli

O Sindicato do Comércio Varejista de Santo Antônio da Platina divulgou ontem, 27, o horário especial do comércio no fim de ano. Como habitualmente ocorre nos últimos anos, o comércio estende o horário de atendimento ao público até às 22 horas durante o mês de dezembro.

O intuito é aumentar as vendas e proporcionar para a região, horário mais flexível para realizar as compras. A mudança já se tornou uma tradição e a cidade adere ao espírito natalino movimentando as ruas no período da noite.

De acordo com o presidente do sindicato, José Alex Figueira, o horário especial inicia no dia 13 de dezembro. Portanto, de segunda a sexta-feira, o comércio atenderá em horário estendido, nos dias: 13, 14, 17, 18, 19, 20 e 21 de dezembro. Já aos sábados, dias, 1, 8, 15 e 22 de dezembro o atendimento será ampliado até às 17 horas. No dia 24 de dezembro, véspera de Natal, o comércio terá funcionamento até às 16 horas.

Comércio platinense terá 12 dias de horário estendido para atendimento ao público
CRÉDITO: Antônio de Picolli

Figueira detalha que alguns comerciantes não concordaram com o horário de atendimento negociado para a véspera de Natal, porém, ele esclarece que essa data trata-se de um acordo judicial que já vem vigorando nos anos anteriores. “Não temos como agradar todo mundo, acreditamos que o horário até às 16 horas é flexível para ambas as partes, tanto para os empregadores, quanto para os funcionários. Por isso, chegamos nesse senso comum”, pontua.

O presidente comenta que a carga horária adicional trabalhada pelos funcionários, equivalente a 20 horas, será computada como banco de horas para trocar pelo Carnaval – que acontece em março.

DESTINO DO 13º SALÁRIO – Uma pesquisa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio/PR) apontou que os paranaenses vão aproveitar o 13º salário para quitar dívidas. Dos entrevistados no levantamento, 33% citaram tal finalidade como a principal destinação do 13º, que deve injetar R$12,66 bilhões na economia do Estado.

As empresas têm até sexta-feira, 30, para realizar o pagamento da primeira parcela aos trabalhadores. Já os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já começam a receber a última parcela do 13º a partir de segunda-feira, 26, até o dia 7 de dezembro, junto com o benefício mensal.

A pesquisa apontou que além da regularização de dívidas, 21,6% dos paranaenses pretendem utilizar o dinheiro extra para fazer uma reserva financeira, e 17,8% planejam usar o valor para viajar. A compra de presentes para as festas natalinas foi mencionada por 16,2%; o pagamento de impostos e taxas por 10,2% e a mesma parcela (10,2%) ainda não sabe o que fazer com o 13º salário.

Deixe um Comentário