Política

Senador Oriovisto faz balanço da primeira semana no Senado Federal

Senador Oriovisto Guimarães
CRÉDITO: Divulgação

Da Assessoria


A semana de estreia no Senado Federal destacou-se positivamente pelo crescimento do Podemos, partido do senador Oriovisto Guimarães, que agora se torna a terceira maior bancada da Casa, com oito parlamentares. “Esta mudança é reflexo do sentimento popular e de muitos outros senadores novos que estão chegando, assim como eu, ao Congresso. O nosso partido pode representar o novo modelo da política brasileira, sem integrantes envolvidos com corrupção”, comentou o senador Oriovisto.

Ao mesmo tempo, o início da legislatura foi marcado por um “show de horrores”, como disse Oriovisto no dia da eleição para a presidência do Senado. “Temos um ambiente no qual o país pede a renovação e, infelizmente, ainda temos representantes da velha política que estão funcionando como _walking deads_. A minoria tentou anular a vontade da maioria com um triste espetáculo, mas a maioria dos senadores quis o voto aberto na eleição para a presidência do Senado e assim conseguimos dar o primeiro passo”, afirmou o senador.

A Mesa Diretora também foi eleita nesta quarta-feira (6). Pelos próximos dois anos, o Senado terá a seguinte composição: Davi Alcolumbre (DEM-AP), como presidente; Antônio Anastasia (PSDB-MG), como 1º vice-presidente; Lasier Martins (Pode-RS), como 2º vice-presidente; Sérgio Petecão (PSD-AC), como 1º secretário; Eduardo Gomes (MDB-TO), como 2º secretário; Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), como 3º secretário; e Luis Carlos Heinze (PP-RS), como 4º secretário.

“A legislatura promete. O clima é de entendimento. Estamos prontos para começar a trabalhar as reformas e os projetos anticorrupção que o Brasil tanto precisa”, disse o Senador, que esteve reunido com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, nesta quarta-feira (6) para levar apoio às pautas que já estão sendo enviadas ao Congresso Nacional.

O senador ainda afirmou que o novo Congresso vai caminhar na direção que o povo brasileiro espera. “O ar que estamos respirando no Senado é muito bom. Fomos eleitos para ter força de fazer a nova política e espero ver o nosso país com uma economia mais pujante”, concluiu o senador.

Deixe um Comentário