Jacarezinho

Segundo médico no PS será mantido em 2020

Marcos Junior – Jacarezinho


A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Jacarezinho apresentou na última semana as Emendas Modificativas 6, 7 e 8/2019 que retira do orçamento do Legislativo o valor de R$ 300 mil a ser destinado ao pagamento de um segundo médico no Pronto Socorro da Santa Casa.

A ação entra em discussão e votação na noite desta segunda-feira, 16, e, se aprovada, será concretizada já em 2020. Neste ano, os vereadores realizaram a devolução do mesmo valor para poder iniciar a contratação de um segundo médico das 17 às 22 horas. No atendimento de urgência e emergência da população.

“Quero parabenizar a todos os vereadores por se dedicarem e empenharem neste ano para que fosse concretizada a contratação do segundo médico no Pronto Socorro para auxiliar a nossa população”, assinala do residente da Câmara, Fúlvio Boberg (MDB). 

Em julho deste ano, os vereadores Fúlvio Boberg, Nilton Stein, Patrícia Martoni, Chiquinho Mecânico e Luiz Carlos do Nascimento juntamente com o Secretário Municipal de Saúde Marcelo Nascimento participaram de uma reunião com a Diretoria da Santa Casa, oportunidade em que a contratação de mais um médico para o Pronto Socorro foi acertada.

Na ocasião ficou definido que no horário de pico, entre as 18 e 23 horas, seriam disponibilizados dois médicos para o atendimento da população. “Uma grande reclamação de quem precisa de atendimento médico é a demora. Esta união irá aumentar o número de consultas no mesmo período”, comenta Luiz Carlos do Nascimento.

O Presidente da Santa Casa Nilton José de Souza explicou sobre a situação do questionamento da demora no atendimento na unidade hospitalar. “O médico está realizando o atendimento. Chega uma urgência. Ele precisa deslocar para esta emergência, fazer todos os procedimentos e isto vai até quarenta minutos ou mais. Com isto, acaba demorando no atendimento das pessoas que estão ali”, justifica Nilton José de Souza.

No início do mês de agosto, o Presidente da Câmara Municipal recebeu um ofício da Secretaria Municipal de Saúde solicitando a possibilidade da liberação do recurso. Após todos os trâmites burocráticos o segundo médico iniciou o atendimento no mês de novembro.

Deixe um Comentário