Cornélio Procópio

Secretaria de Saúde nega suposta reinfecção pelo novo Coronavírus

Ataíde Cuqui

A Secretaria Municipal de Saúde de Cornélio Procópio negou rumores de que pacientes tenham  sido testado positivo para a Covid-19 pela segunda vez no município. Conforme a pasta, o que existe são casos de pessoas em tratamento  recente  que, testados novamente, ainda indicam a permanência do vírus no organismo, descartando rumores sobre reinfecção. Aumento dos casos no município também preocupa.

A eliminação total desse vírus varia de acordo com cada paciente. “São situações que chamaram atenção em razão de algumas pessoas terem testado positivo há praticamente dois meses e depois, em novos testes, acabaram positivadas novamente”, explicou Graziela Andrade Olchaneski, secretária interina de Saúde do munícipio.

Pelo que se tem notícia e de acordo com os estudos, reinfecção não existe. O que acontece, segundo a dirigente,  é que o período de cura varia de pessoa para pessoa. Umas são curadas em 20 ou 30 dias, enquanto outras levam até 60 dias ou mais, de acordo o sistema imunológico de cada uma.

Disse que são pacientes ainda em tratamento recente, no hospital ou no próprio domicílio. “Cada pessoa tem um sistema imunológico diferente. O que se deduz é que se trata de pessoas com carga viral muito forte, com a doença tomando proporções diferentes. Até a eliminação desse vírus depende muito da pessoa”, complementa.

Aumento dos casos

Outro aspecto que chama a atenção dos funcionários da saúde é o aumento nos últimos dias dos casos de pessoas com a doença no município. Há uma semana, os casos ativos se situavam entre 16 e 18, passando agora para 25 de acordo com o boletim divulgado nesta sexta-feira. Graziela atribui isto a fatores como comemoração do Dia dos Pais e o próprio relaxamento das pessoas, muitas delas sequer usando máscara.

“No feriado, muita gente se reuniu com parentes ou amigos de outros bairros, com outros costumes sociais, tudo isso influenciou. Não podemos falar que a situação está estatizada. Pelo contrário, ainda existe muita preocupação. A gestão do município está fazendo de tudo para conter o avanço e voltar à posição de dias atrás, mas as pessoas também tem que fazer a sua parte”, concluiu.

Deixe um Comentário