Eleições Santo Antônio da Platina

Schmidt admite abrir mão da vice para ampliar apoios

Ex-prefeito, do PSB, é oficialmente pré-candidato junto com Gil Martins, que postula a cabeça de chapa

Da Assessoria


O empresário e ex-prefeito de Santo Antônio da Platina, Celso de Souza Schmidt (PSB), pré-candidato a vice prefeito numa provável dobradinha com o ex-vereador, Gil Martins (PTB),  informou no final da tarde desta quarta-feira (26), que admite abrir mão da suplência caso o grupo de lideranças que compõe busque novas alianças que venha fortalecer a chapa visando as eleições municipais deste ano.  

“Tive uma conversa com o Gil antes de sua viagem a Curitiba, nesta terça-feira, deixando claro que abdicaria de minha postulação desde que nosso grupo estabeleça novas alianças que venham a fortalecer nosso projeto político e administrativo”, esclareceu Schmidt em conversa por telefone, deixando claro que permanece como pré-candidato a vice caso isso não ocorra.

A Tribuna do Vale apurou que Gil Martins está em Curitiba em tratativas com lideranças estaduais do PSD, partido do governador Ratinho Junior, buscando uma aliança com a agremiação. O pré-candidato da sigla era o ex-prefeito Pedro Claro de Oliveira Neto, que desistiu da disputa em razão de problemas de saúde.

Pedro Claro passou por uma cirurgia na Capital do Estado para desobstrução de artérias cardíacas e colocação de stents, uma espécie de mola que mantém a irrigação sanguínea. Ele era o nome do governador Ratinho Junior e soa estranho que, embora convalescente, não tenha sido consultado, já que estava prevista uma aliança do PSD com o PSDB  e o DEM, que planejam lançar o nome do ex-prefeito Flávio Luiz Maiorky, integrante do ninho tucano.       

Deixe um Comentário