Saúde

Saúde recebe testes rápidos de dengue, mas continua sem fumacê

Lucas Aleixo especial para a Tribuna do Vale

A 19ª Regional de Saúde, com sede em Jacarezinho e que atende 22 municípios do Norte Pioneiro, voltou a disponibilizar os kits com testes rápidos para diagnóstico de pacientes com suspeitas de dengue. Entretanto, o inseticida usado no fumacê para o combate ao mosquito Aedes aegypti segue em falta.

Os kits para o teste rápido eram uma demanda especialmente do município de Jacarezinho, que vive a iminência de uma nova epidemia e tem centenas de casos suspeitos. Sem os kits a secretaria municipal de Saúde não conseguia ter o número preciso de pacientes com dengue.

Já a questão do inseticida usado no fumacê é um processo mais complexo por se tratar de um produto em falta em todo território nacional e que só pode ser importado pelo Ministério da Saúde. Quando chegar, o inseticida tem a previsão de ser usado também para suprir a demanda apenas de Jacarezinho, já que os demais municípios da região não enfrentam problemas tão graves com a doença.

“São produtos em falta em todo Brasil, mas os kits de teste rápido já chegaram nesta semana. O fumacê deve chegar na terceira semana deste mês. Agora é importante citar que o fumacê não é a solução, é uma entre tantas medidas  que temos no combate ao mosquito da dengue. Independente disso temos tomado todas as medidas possíveis para diminuir a infestação do mosquito e reduzir a propagação da doença”,  explica o promotor em saúde pública da 19ª Regional de Saúde, Ronaldo Trevisan.  

Deixe um Comentário