Cidadania Saúde

Saúde destaca solidariedade no Dia Nacional do Doador de Sangue

Todos os dias, aproximadamente mil pessoas em todo Estado comparecem a uma unidade do Hemepar para se cadastrarem como doadores de sangue e medula óssea

Da Agência Estadual


A secretaria estadual da Saúde aproveita o Dia Nacional do Doador de Sangue, celebrado neste domingo (25), para destacar a ação de todos os colaboradores, e incentivar a solidariedade no Paraná. O secretário Antônio Carlos Nardi reconhece a importância da doação e reforça que a Rede Hemepar do Estado está sempre de portas abertas para novos cadastros de doadores.

Todos os dias, aproximadamente mil pessoas em todo Estado comparecem a uma unidade do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar) para se cadastrarem como doadores de sangue e medula óssea. Por mês, a hemorrede recebe 17 mil candidatos à doação e, em média, 14 mil estão aptos a doar sangue.

“O sangue é vital para a vida humana, e sua doação é um ato de amor e solidariedade. Ficamos imensamente gratos por todas as doações e convidamos quem ainda não se cadastrou para que vá até a unidade mais próxima e contribua”, acrescenta o secretário.

O Hemepar é responsável pelo abastecimento de quase 90% do estoque de sangue da rede pública. São 384 hospitais cadastrados que necessitam de 14 a 15 mil bolsas de sangue por mês, cerca de 700 a 800 por dia. Em 2017, foram coletadas 188.266 bolsas, um crescimento de 6% relacionado ao ano anterior.

DEDICAÇÃO – Uma bolsa de sangue pode salvar a vida de até quatro pessoas. É por isso que o doador Paulo Sergio separa um momento na rotina para ir até o Hemepar de Curitiba e fazer uma doação. “Muitas pessoas acreditam que para fazer uma boa ação é necessário envolver dinheiro, mas não – só de vir aqui e doar sangue você já ajuda muita gente”, diz.

“Todo tipo de sangue é importante. As doações voluntárias representam 80% das captações totais da Hemorrede, por isso sempre incentivamos os doadores a voltarem e convidarem amigos e familiares para se cadastrarem”, diz o diretor do Hemepar, Paulo Hatschbach.

DOADOR – Para ser um doador de sangue, é só procurar uma das unidades de coleta de sangue no Paraná. O doador é cadastrado, responde a um questionário e passa por uma triagem clínica para verificar se a pessoa possui os requisitos. Também é feito um exame rápido para constatar a presença de anemia. Se tudo estiver bem, é feita a coleta.

Em cada coleta, são retirados cerca de 450 ml de sangue. Homens podem doar a cada 60 dias, com um máximo de quatro doações a cada 12 meses. Mulheres podem doar a cada 90 dias, sendo no máximo três doações no período de 12 meses.

As pessoas que doam três vezes em um período de 12 meses podem solicitar a emissão do certificado de Doador Fidelizado de Sangue. Este certificado dá direito a uma série de benefícios, como meia-entrada em shows, espetáculos de teatro, cinema e outros eventos.

Deixe um Comentário