Paraná Policial

Região registra queda superior a 50% nos índices de homicídios

O primeiro semestre teve redução de 20% no índice de homicídios dolosos em todo o Paraná

Área da 12ª SDP de Jacarezinho teve redução de 58% no número de mortes violentas
CRÉDITO: Antônio de Picolli

Da Redação com Assessoria


A mesorregião do Norte Pioneiro, representada pela subdivisões policiais de Jacarezinho e Cornélio Procópio foi a que registrou o melhor desempenho no registro de queda do número de homicídios dolosos se comparado às demais regiões do Paraná, segundo levantamento apresentado na manhã desta quarta-feira (7), pela Secretaria de Segurança Pública do Paraná.

A redução mais expressiva em todo o Estado foi na 21ª Área Integrada de Segurança Pública de Cornélio Procópio, que abrange 20 municípios, diminuiu o número de homicídios em 70% (foram 20 ocorrências de janeiro a junho de 2018, contra seis no período de 2019). Na área da 12ª Subdivisão Policial (SDP) de Jacarezinho, que abrange 22 municípios, por sua vez, teve redução de 58% no número de mortes violentas.

O primeiro semestre registrou uma redução de 20% no índice de homicídios dolosos em todo o Paraná, se comparado com o mesmo período de 2018. Em 52% das cidades (211 dos 399 municípios paranaenses) não houve registro deste tipo de crime, e em 124 (31%) foram apenas uma ou duas ocorrências registradas. 

Em relação aos números do ano passado, foram 205 homicídios a menos no Estado, conforme balanço divulgado nesta quarta-feira (7) pela Secretaria de Estado da Segurança Pública. De janeiro a junho, foram 828 registros de mortes violentas, número inferior as 1.033 ocorrências dos primeiros seis meses de 2018.

Segundo o secretário estadual da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares, a queda nos índices de criminalidade é resultado de um conjunto de esforços. “Estamos trabalhando para combater o crime em todas as suas modalidades. O trabalho de inteligência, integração e planejamento de ações é constante para fornecer maior segurança para todos os paranaenses. E isso se reflete nas estatísticas de homicídio, furto e roubo”, explica.

Marinho atribuiu a diminuição dos números à integração entre as forças policiais, ao patrulhamento preventivo e ostensivo, e às investigações mais ágeis da polícia judiciária, que prendem criminosos e acabam por inibir novos crimes.

Áreas

Das 23 Áreas Integradas de Segurança Pública (AISP) do Estado, 16 registraram queda nos índices em 2019, sendo que em quatro houve redução igual ou superior a 50%. São elas: União da Vitória (-50%), São Mateus do Sul (-55,5%), Jacarezinho (-58%) e Cornélio Procópio (-70%).

Em números absolutos, a maior diminuição foi na 2ª AISP de São José dos Pinhais, que corresponde aos 22 municípios da Região Metropolitana de Curitiba. Foram 42 homicídios a menos (foram 213 no ano passado e 171 em 2019).

Região 

No primeiro semestre, entre as cidades do norte pioneiro, os homicídios foram registrados em Andirá (2), Cornélio Procópio (2), São Jerônimo da Serra (1), São Sebastião da Amoreira (1), Ibaiti (1), Jacarezinho (2), Ribeirão Claro (1), Ribeirão do Pinhal (1) e Santo Antônio da Platina (1). Os latrocínios foram registrados em Cornélio Procópio (1) e Itambaracá (1).

Compõem a região de Cornélio Procópio, as cidades de Andirá, Assaí, Bandeirantes, Barra do Jacaré, Congonhinhas, Itambaracá, Leópolis, Nova América da Colina, Nova Fátima, Nova Santa Bárbara, Rancho Alegre, Santa Amélia, Santa Cecília do Pavão, Santa Mariana, Santo Antônio do Paraíso, São Jerônimo da Serra, São Sebastião da Amoreira, Sertaneja e Uraí.

A região de Jacarezinho é formada ainda pelas cidades de Abatiá, Cambará, Carlópolis, Conselheiro Mairinck, Guapirama, Ibaiti, Jaboti, Japira, Joaquim Távora, Jundiaí do Sul, Pinhalão, Quatiguá, Ribeirão Claro, Ribeirão do Pinhal, Salto do Itararé, Santana do Itararé, Santo Antônio da Platina, São José da Boa Vista, Siqueira Campos, Tomazina e Wenceslau Braz.

Deixe um Comentário