Covid-19 região

Região pode ter oito vezes mais infectados pelo coronavírus

Pesquisa liderada pela universidade atesta que pode ter mais de 25 mil contaminados

Pesquisa diz que aproximadamente 25 mil pessoas adultas da região tiveram contato com o coronavírus
CRÉDITO: ANP

JACAREZINHO – Da Redação com Assessoria


Um estudo realizado pela Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), em parceria com várias outras entidades revela um dado assustador. Os 46 municípios que fazem parte das Regionais de Saúde de Jacarezinho e Cornélio Procópio podem ter número até oito vezes maior que as estatísticas oficiais sobre pessoas expostas à infecção pelo noivo coronavírus.  

Participaram da pesquisa as 19ª (Jacarezinho) e 18ª (Cornélio Procópio) Regionais de Saúde,   Regionais de Saúde de Cornélio; Secretarias Municipais de Saúde da região, Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e apoio da Fiocruz/Bio-Manguinhos/ Ministério da Saúde, que avaliou a proporção da população adulta na região do Norte Pioneiro, que apresentava anticorpos contra a Covid-19, e conhecer a adesão dos participantes sobre as medidas de precauções.

Segundo a pesquisa, comparando a estimativa de pessoas adultas do Norte Pioneiro com provável exposição ao vírus e o número de casos confirmados para Covid-19 no boletim da Sesa-PR no dia 11 de agosto, estima-se que o real número de pessoas expostas ao vírus na região seja aproximadamente oito vezes maior do que o número indicado no boletim epidemiológico, podendo oscilar entre sete a 10 vezes.

Com isso, a pesquisa levantou que, a presença de anticorpos contra o coronavírus na população adulta da região durante o referido período, foi de 8,5%. Além disso, um dos principais apontamentos da pesquisa é de que aproximadamente 25 mil pessoas adultas da região apresentavam anticorpos contra a doença. Ou seja, números muito maiores do que vem sendo divulgado nos boletins epidemiológicos.

Participaram da pesquisa 527 pessoas com idade média de 36,9 anos, de 14 municípios da região (Andirá, Bandeirantes, Barra do Jacaré, Cambará, Carlópolis, Cornélio Procópio, Leópolis, Quatiguá, Ribeirão do Pinhal, Santa Mariana, Santana do Itararé, Santo Antônio da Platina, Sertaneja e Siqueira Campos).

Segundo dados da pesquisa, todos os participantes que apresentaram resultados do teste rápido reagentes para detecção de anticorpos, foram encaminhados para o serviço de referência do município, assegurando a continuidade do cuidado em saúde.

Deixe um Comentário