Educação

Redes públicas de ensino registram 2 milhões de matrículas no Paraná

Curitiba – Das Agências


No Paraná, a educação infantil soma um total de de 393.185 matrículas
CRÉDITO: ARQUIVO

No Paraná, as matrículas nas redes públicas estaduais e municipais de ensino somavam mais de 2 milhões de estudantes, atendendo o equivalente a 17,39% da população paranaense, desde a creche até o ensino médio, incluindo a educação de jovens e adultos. É o que mostram os dados preliminares do Censo Escolar da Educação Básica 2020, relativos até o dia 11 de março e divulgados ontem pelo Ministério da Educação (MEC).

Os resultados, que ainda são preliminares e, portanto, poderão ser revisados (os responsáveis pelas escolas têm até o dia 30 deste mês para complementar os dados e, se necessário, corrigir as informações enviadas), referem-se à matrícula inicial na creche, pré-escola, ensino fundamental e ensino médio (incluindo o médio integrado e normal magistério), no ensino regular e na educação de jovens e adultos presencial fundamental e médio (incluindo a educação de jovens e adultos integrada à educação profissional) das redes estaduais e municipais, urbanas e rurais em tempo parcial e integral e o total de matrículas nessas redes de ensino.
preliminares Os resultados, que ainda são preliminares e, portanto, poderão ser revisados (os responsáveis pelas escolas têm até o dia 30 deste mês para complementar os dados e, se necessário, corrigir as informações enviadas), referem-se à matrícula inicial na creche, pré-escola, ensino fundamental e ensino médio (incluindo o médio integrado e normal magistério), no ensino regular e na educação de jovens e adultos presencial fundamental e médio (incluindo a educação de jovens e adultos integrada à educação profissional) das redes estaduais e municipais, urbanas e rurais em tempo parcial e integral e o total de matrículas nessas redes de ensino.

No Paraná, a educação infantil soma um total de de 393.185 matrículas, sendo 170.463 em creches e 22.722 na pré-escola. Do total de estudantes, 183.536 (46,7%) estão matriculados em período integral.

O ensino fundamental, por sua vez, concentra o maior número de estudantes, com 1.153.020, sendo 623.819 nos anos iniciais (do 1º ao 5º ano) e 529.201 nos anos finais (do 6º ao 9º ano). Aqui, porém, a matrícula em período integral é a exceção, com um total de 88.917 estudantes (o equivale a 7,7% do total de alunos do Ensino Fundamental).

No ensino médio foram registradas 349.867 matrículas, sendo 339.257 em período parcial e 10.610 em período integral. Por fim, na educação de jovens e adultos presencial foram 107.118 matrículas, das quais 63.596 no ensino fundamental e 43.522 no ensino médio.

O censo escolar é o principal instrumento de coleta de informações da educação básica e o mais importante levantamento estatístico educacional brasileiro nessa área. As matrículas e os dados escolares coletados servem de base para o repasse de recursos do governo federal e para o planejamento e divulgação de dados das avaliações realizadas pelo Inep.

Deixe um Comentário