Santo Antônio da Platina

Projeto sobre pavimentação gera atrito entre prefeito e vereadores

Bancada de oposição acusa Zezão de tentar responsabilizar Legislativo para justificar seu fracasso administrativo

Em entrevista à Difusora Platinense, Zezão disse que o projeto para pavimentação está parado na Câmara
CRÉDITO: Antônio de Picolli

Da Redação


Uma entrevista concedida pelo prefeito José da Silva Coelho Neto (PHS), o professor Zezão, à Rádio Difusora FM, está causando grande polêmica em Santo Antônio da Platina, provocando reações iradas dos vereadores que compõem a bancada de oposição no Legislativo platinense. Zezão afirmou que um projeto de pavimentação urbana estaria “parado” na Câmara. Os vereadores entenderam que o prefeito tentou jogar os parlamentares contra a população.

Ontem os vereadores Genivaldo Marques, Flavinho Maiorky (PSDB) e Rudinei Esteves (MDB), estiveram na redação da Tribuna do Vale, assinalando que o prefeito “tenta justificar seu fracasso administrativo culpando os vereadores por eventual atraso na execução do projeto”.

“O prefeito encaminhou projeto de lei faltando documentos e justificativas legais. No dia 16 de dezembro, protocolou na Câmara de Vereadores um pedido de convocação de sessões extraordinárias para apreciação da matéria. Como votar um dispositivo sem que sejam atendidas essas exigências”, rebate o vereador Genivaldo Marques.

O vereador Rudinei Esteves, por sua vez, assinala que o Legislativo jamais deixou de votar e aprovar projetos que beneficiem a comunidade. A menos que a matéria do Executivo contrarie ou deixe de atender exigências legais. “Esse prefeito está no cargo há três anos, responsável por uma das gestões mais desastrosas da história do município e agora vem tentar culpar a Câmara por sua incompetência”, desabafa.

Flavinho Maiorky é outro que não esconde sua irritação. Segundo ele, é responsabilidade da Comissão de Justiça e Redação Final exigir toda a documentação e explicações fixadas em lei e cabe ao Executivo cumpri-las. “Trata-se de um financiamento de R$ 7,5 milhões, que terá de ser pago pela população platinense. Nossa responsabilidade é exigir o cumprimento da lei”, explica.

O projeto

Segundo o projeto encaminhado pelo prefeito Zezão, o Executivo pede autorização à Camara de Vereadores para o Município contratar financiamento junto a Agência de Fomento do Paraná no valor de R$ 7,5 milhões, mais contrapartida da Prefeitura estimada em R$ 1,5 milhão para pavimentação asfáltica nos bairros Jardim Alvater, Jardim Eldorado, Parque do Pavão, Vila Galvão e recapeamento no centro da cidade.

Deixe um Comentário