Geral Wenceslau Braz

Projeto propõe reduzir salário de vereadores, prefeito e secretários

 Iniciativa visa trazer economia de R$ 3,5 milhões em quatro anos aos cofres públicos

Paulo Henrique Lima, o Rick quer a redução dos subsídios de prefeito, vereadores, secretários e vice-prefeito
CRÉDITO: ARQUIVO

Da Redação 


Dois projetos de Lei do vereador Paulo Henrique Lima, o Rick (Podemos), visa reduzir os vencimentos do prefeito, vice-prefeito, vereadores e secretários municipais de Wenceslau Braz. A iniciativa, segundo o autor, tem como objetivo trazer uma economia de aproximadamente R$ 3,5 milhões aos cofres públicos nos próximos quatro anos. 

“A gente sempre vê políticos falando em redução de gastos, mas cortando da população, e nunca do seu próprio bolso. Então já que estamos vivendo um momento tão difícil vamos começar a redução dos gastos pela própria classe política”, justifica Rick. 

Se aprovado o projeto reduzirá o subsidio mensal dos ocupantes do Poder Legilsativo de Wenceslau Braz dos atuais R$ 6,6 mil para R$ 1.04 mil. O presidente da câmara manteria o acréscimo de R$ 1 mil sobre o subsídio regular, assim como o secretário, no valor de R$ 500, valores adicionais já praticados e que seguiriam no novo plano de vencimentos. 

O projeto que trata do subsídio dos vereadores é o nº 02/2020. Já sobre os salários de prefeito, vice e secretários municipais está no projeto nº 04/2020, que propõe reduzir o salário do chefe do Executivo de pouco mais de R$ 22 mil para R$ 15 mil. O vice-prefeito receberia mensalmente R$ 2.145,00, frente aos atuais R$ 7,5 mil, enquanto os secretários do município passariam a receber R$ 5 mil, enquanto atualmente o salário é de pouco mais de R$ 6 mil. 

Ambos os projetos serão apresentados no plenário da câmara na sessão ordinária da próxima terça-feira (03) e, sem imprevistos, votados em duas sessões nas duas semanas seguintes. Se aprovados por maioria simples nas duas votações, os novos valores dos agentes políticos de Wenceslau Braz passam a valer a partir de 1º de janeiro de 2021. 

POR QUE AGORA?

O vereador Rick Lima ainda explica que o projeto foi apresentado neste momento por ser agora a definição dos salários da próxima legislatura, seguindo a Lei Orgânica do município. Desta forma, sempre no último ano de uma legislatura, define-se os valores praticados para os próximos quatro anos. 

“Assumi um compromisso no primeiro ano de mandato que quando chegasse na hora de definirmos os valores dos próximos quatro anos, iria propor uma redução radical nos valores. Prometi e estou cumprindo. Não teria como apresentar o projeto antes porque para isso precisaria mudar a Lei Orgânica, que define que neste ano que se defina os valores dos próximos quatro anos. Então agora vamos debater e pelo que percebi a maioria absoluta dos moradores e também alguns vereadores concordam comigo”, pontua. 

ECONOMIA

Ainda segundo o vereador autor da proposta, a economia gerado aos cofres públicos seria de quase R$ 65 mil mensais. Durante quatro anos os valores economizados estariam na casa dos R$ 3,5 milhões. “Esse projeto pode trazer uma economia de quase R$ 65 mil por mês aos cofres do município. Levando em consideração que são 13 salários por ano de todos os envolvidos, já que tem o 13º salário, isso sem falar em outros tributos, chegamos a praticamente R$ 3,5 milhões em quatro anos. Isso para Wenceslau Braz é um valor absurdo. Já imaginou o que o município pode fazer com um valor desse em saúde, infraestrutura, educação, enfim, em tudo. Afetaria alguns poucos para o benefício de quase 20 mil pessoas, então com certeza vamos lutar muito para que esse projeto seja aprovado”, encerra o vereador. 

Deixe um Comentário