Política

Projeto Parlamento Jovem elege representantes em Jacarezinho

Eleição aconteceu em três colégios municipais

Marcos Junior

O Projeto Parlamento Jovem teve nove alunos eleitos na manhã desta sexta-feira, 7. Trata-se de uma iniciativa do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com o apoio da Câmara Municipal. Foram eleitos três vereadores por estabelecimento de ensino, que participaram do projeto (Colégios Estaduais Anésio de Almeida Leite e José Pavan e o Instituto Federal).

Os eleitos no Colégio José Pavan foram: Rebeca (com 37 votos), Berê (31 votos) e Ana Kelly (26 votos). Na suplência ficaram João Lucas (16 votos) e Flávia e Caio (empatados com 13 votos). No Colégio Estadual Anésio de Almeida Leite foram eleitos Renatinho (63 votos), Carol (46 votos) e Flavinho (32 votos). Na suplência ficaram Duda Feriato (14 votos), Milene e Stefani ficaram empatadas (com sete votos cada).

No Instituto Federal os eleitos foram Helenão (65 votos), Bergamine (52 votos) e Big Jump (37 votos). Na suplência ficaram Igor (30 votos) e Noemi (25 votos). Os suplementes serão convocados apenas na renúncia do candidato eleito. O resultado será oficializado na quinta-feira (13), após prazo de três dias úteis para reclamação e recurso. Não havendo manifestação, serão declarados eleitos os três primeiros colocados de cada uma das escolas, somando nove vereadores mirins ou jovens para o município de Jacarezinho.

PROJETO

O projeto tem a intenção de levar para dentro do ambiente escolar o acompanhamento do transcorrer do Processo Eleitoral de escolha de um cargo eletivo, oportunizando aos estudantes conhecerem melhor a divisão dos Poderes do Estado, em especial o Legislativo. “Esta ação se torna muito importante, pois irá levar ao conhecimento dos jovens a representatividade da Câmara Municipal e a ações que são desenvolvidas pelos vereadores”, comentou Fúlvio Boberg, presidente do Legislativo.

No mês de abril os vereadores Fúlvio Boberg, Nilton Stein e Patrícia Martoni, acompanhados do Procurador Jurídico Luiz Henrique e funcionários do TRE (Ana Paula e Lopoldo) e o juiz eleitoral Roberto Arthur David se dividiram na visita aos estabelecimentos de ensino para explicar as ações dos vereadores aos alunos.

“É muito importante esta participação. Podemos explicar sobre o funcionamento da Câmara Municipal. Quais as atuações dos vereadores e suas funções”, assinalou o Procurador Jurídico Luiz Henrique.

No mês de maio os alunos visitaram o Poder Legislativo. Eles tiraram dúvidas e ficaram sabendo como funciona a Câmara Municipal. Durante o projeto, os alunos se filiaram em partidos “de fantasia” e disputaram convenções partidária e nesta sexta-feira houve a eleição. A ideia da criação dessas siglas, sem conotação política, é debater temas de interesse da cidade e desenvolver nos estudantes a consciência sobre o processo político.

Os eleitos irão ser diplomados pelo Tribunal Regional Eleitoral e empossados para o mandato de vereadores mirins do município de Jacarezinho no período de julho a dezembro deste ano.

Deixe um Comentário