Geral

Pro Tork paralisa atividades por 10 dias

Fábrica de peças para motos tem diversas plantas industriais espalhadas pelo Norte Pioneiro

Pro Tork, que tem sede em Siqueira Campos, é a maior fabricante de peças para motos da América Latina
CRÉDITO: DIVULGAÇÃO

David Batista – Agência Criativa


A Pro Tork, maior fabricante de peças para motos da América Latina,  emitiu um comunicado oficial na manhã de terça-feira (24, informando a paralisação das atividades fabris a partir desta quarta-feira (25) até dia 5 de abril. A medida faz parte do esforço da companhia no enfrento à pandemia do novo rotavírus. 

A empresa informou ainda no comunicado que está atenta ao cenário atual e, buscando a saúde e o bem estar de seus colaboradores, tem adotado medidas preventivas no sentido minimizar o risco de contágio pelo Coronavírus (Covid-19)

O comunicado assinado pelo diretor presidente do grupo Pro Tork, Marlon Bonilha, diz ainda, “que embora não exista nenhum caso de Covid-19, no município de Siqueira Campos, a medida preventiva visa zelar pelo bem estar e segurança de nossos funcionários e colaboradores”.

O comunicado termina com um pedido de colaboração e atenção de todos em momento difícil que o país atravessa, e que com certeza trata-se de uma situação passageira e que logo o país e a empresa retomem as atividades normais.

Quem é a Pro Tork

Em 1988 nascia na cidade paranaense de Curitiba uma empresa que viria se tornar líder mundial na produção de capacetes, além da maior fábrica de motopeças da América Latina. Mas até alcançar este posto, um longo caminho foi percorrido pela Pro Tork, que teve seu início de forma despretensiosa, com a produção artesanal de escapamentos para motos importadas.

Lá, conseguiu desenvolver projetos audaciosos, como o da primeira fábrica de motos do Sul do país, entre muitos outros. Atualmente a Pro Tork conta com oito unidades, que somam 600 mil metros de área construída, movidas por mais de cinco mil funcionários, responsáveis por um catálogo com mais de trinta mil produtos.

Siqueira Campos

O empreendedorismo da família Bonilha fez com que o negócio se transformasse em uma grande oportunidade. Analisando as necessidades do mercado, a marca passou a desenvolver novos itens, investindo em tecnologia, na capacitação dos profissionais e também em estrutura. Foi então que, em 1993, tomou a importante decisão de se instalar no Norte Pioneiro do estado, em Siqueira Campos.

Parte do sucesso se deve as pistas. Seus produtos são testados diariamente pelos melhores atletas do motociclismo. Falando nisso, a Pro Tork é uma das empresas brasileiras que mais investem no esporte, patrocinando não apenas grandes nomes, mas também pilotos de categorias de base. A empresa ainda apoia outros esportes radicais, como motocross freestyle, wheeling e drifting.

Tudo isso a levou a dominar o mercado nacional, com 72% de participação. A cada 10 motos em circulação no Brasil, sete tem pelo menos um item da marca. Todos os dias, dezenas de carretas deixam a sede da Pro Tork para abastecer o varejo e as linhas de produção de outras empresas do segmento duas rodas. O exterior também recebe seus produtos, 56 países são atendidos. (Imprensa Pro Tork)

Deixe um Comentário