Carlópolis

Prefeito admite adultério e vira piada em redes sociais

Hiroshi Kubo anuncia filho em relação extraconjugal e pede desculpas à população

Hiroshi Kubo anunciou a chegada do quarto filho, fruto de uma relação extraconjugal
CRÉDITO: Antônio de Picolli

Da Redação


Uma comédia pastelão, protagonizada pelo prefeito de Carlópolis, Hiroshi Kubo (PSDB) viralizou e está se transformando na piada do ano nas redes sociais. Tentando antecipar prováveis ataques de adversários políticos e reportagens em veículos de comunicação os quais classificou como “noticiários terroristas”, o prefeito deu uma entrevista ao jornal órgão oficial do município anunciando a vinda do quarto filho, explicando, desnecessariamente, que a criança é o resultado de uma relação extraconjugal, chegando ao cúmulo de pedir desculpas pelo que chamou de “adultério”.

A entrevista do prefeito é de uma inabilidade política e social que até mesmo seus adversários estão surpresos, por se tratar de um empresário experiente, ex-gerente de banco e um homem relativamente culto. No início da matéria ele anuncia a vinda do quarto filho (possui três filhas de relações anteriores) e logo em seguida diz que resolveu assumir publicamente que o futuro bebê é o resultado de um relacionamento extraconjugal, sem identificar a mãe da criança.

Ele diz que resolveu tornar público o assunto para evitar exploração política, admitindo que a existência de um filho em um relacionamento fora do casamento não vai interferir em suas funções públicas como prefeito. Ele admite, porém, que na cultura japonesa, o adultério é inadmissível, “sendo que para os mais conservadores o casamento é um compromisso que deve ser levado a sério e cumprido com lealdade”.

Hiroshi mantém um relacionamento público há mais de 10 anos e, segundo informações, casou-se novamente há pouco tempo. Esta é a questão que o preocupa, em razão da repercussão negativa perante a situação. Ele chegou a pedir desculpas o para a população durante uma reunião realizada na tarde de segunda-feira (4) com seu secretariado.

Hiroshi disse, na reportagem, que está preparado para o “marketing sujo” do qual deverá ser alvo por conta da notícia de um filho fora de seu casamento, fato que deverá será usado para “descontruir sua imagem perante a população”.   

Deixe um Comentário