Quatiguá

Prefeita e vereadores de Quatiguá vão receber 13º

Terço de férias e 13º salário para os cargos de prefeito, vice e vereadores vão custar R$ 75 mil aos contribuintes

Da Redação


Vereadores de Quatiguá aprovaram em 2017, mas somente agora a prefeita Adelita Parmezan (PDT) promulgou a Lei Nº 2300 que regulamenta o pagamento do terço de férias para os agentes políticos (prefeita, vice-prefeito e vereadores), que serão cobrados a partir do ano de 2021, conforme determinação do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR). Mas esta despesa para manter os detentores de cargos eletivos custará aos contribuintes, a valores de hoje, a quantia R$ 75.306,44.

Pela lei sancionada agora pela prefeita Adelita Parmezan, o terço de férias dos nove vereadores vai custar R$ 11.295, enquanto que o 13º subsídio, que vem a ser o mesmo que 13º salário custará R$ 33.885. Ou seja, cada componente do legislativo local a partir de 2021 terá um custo adicional ao contribuinte no valor de R$ 5.018,88. Vale destacar que o subsídio mensal de cada vereador quatiguaense é de R$ 3.765.

O salário atual da prefeita é de R$ 15.127,05. O terço de férias representa mais R$ 5.042,35 que, somado ao 13º adiciona um custo anual de R$ 20.169,31.

O vice-prefeito conhecido por Zé Vareta recebe salário mensal de R$ 7.467,78. O terço de férias vai acrescentar mais R$ 2.489,26 que, se somado ao 13º vai representar uma grana razoável de R$ 9.957,56.

Vale destacar que tanto Adelita, como Zé Vareta e os atuais vereadores, só receberão esta quantia nada desprezível caso consigam a reeleição. No entanto, o simples fato de aprovarem os benefícios em 2017 e a prefeita sancionar a lei agora, mancham suas biografias num momento em que o país e o contribuinte de Quatiguá vivem uma crise avassaladora, com desemprego generalizado e queda na renda do trabalhador.

Nem mesmo o fato desta lei valer apenas a partir de 2021 reduz o impacto negativo sobre os agentes políticos de um município carente, com população de pouco mais de 7.400 habitantes.

Deixe um Comentário