Policial

Polícias Civil e Militar realizam operação conjunta e prendem acusados de furtos

Suspeitos estavam cometendo sequências de crimes patrimoniais em Santo Antônio da Platina e perturbando a tranquilidade dos moradores.

Da Redação


Após troca de informações entre policiais civis e militares, depoimento das vítimas realizadas na delegacia e demais diligências de investigação (elaboração dos laudos de locais de crime e avaliação dos objetos roubados), o delegado Rafael Guimarães, da 38 Delegacia Regional, representou pela prisão preventiva de três suspeitos, com parecer favorável do Ministério Público do Paraná (MPPR) e com decreto e expedição do mandado de prisão pelo Poder Judiciário.

O primeiro acusado, de 31 anos, foi preso por policiais militares em data de 8 de agosto, tendo, nas semanas anteriores, cometido sequência de furtos em residências na área central da cidade.

O segundo suspeito, de 22 anos, foi preso pela Polícia Militar no dia 16 de agosto, sendo que, anteriormente à prisão, cometeu furtos em bar no centro da cidade e o mesmo crime em residências na área do Jardim Baggio.

Durante a prisão o acusado ofereceu resistência, agrediu os policiais militares e danificou as viaturas, sendo que também responderá pelos crimes de resistência e dano ao patrimônio público.

O último suspeito, de 21 anos, foi preso no dia 22 de agosto pela Polícia Militar, após praticar contínuos furtos residenciais nos bairros Aparecidinho II e III. Este rapaz também investiu com socos e chutes contra os policiais quando da sua prisão e também depredou a viatura policial, e foi preso, em flagrante, além das acusações de furto, pelos crimes de resistência e dano ao patrimônio público.

Deixe um Comentário