Jacarezinho

PM descarta suposta tentativa de sequestro em Jacarezinho

Jivago França/Portal JNN


Imagens do circuito de segurança da lotérica no centro de Jacarezinho, onde supostamente teria acontecido uma tentativa de sequestro de uma criança na tarde da última segunda-feira (8), não mostraram nenhuma ação criminosa.

O material foi analisado por policiais militares, que não constaram nada além do que a mãe com a criança na fila pagando suas contas. As imagens não mostram a parte externa da lotérica, mas no interior do estabelecimento é possível afirmar que não ocorreu nenhum crime.

A reportagem entrou em contato com a Polícia Civil e foi informada que há uma investigação em aberto, mas não obteve mais detalhes.

O comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel José Luiz de Oliveira, também foi procurado. “Da nossa parte não tem o que se fazer. Se não há vítima, nem registro da ocorrência, fica difícil. Por parte do Batalhão não temos nada. Não sabemos quem é nem se existiu alguma coisa”, disse o oficial.

O Portal JNN ainda tentou contato com a suposta vitima para entender melhor o caso e esclarecer algumas coisas, mas a mãe da criança não quis se pronunciar. “Na verdade eu não gostaria de falar mais nada sobre o assunto”, disse a suposta vítima.

Denúncia

A suposta tentativa de sequestro da criança foi denunciada pela própria mãe por meio de redes sociais para amigos e o caso se espalhou rapidamente em grupos do WhatsApp. Segundo relatos, a mulher estaria com o filho pequeno na fila de uma lotérica próximo à Praça Rui Barbosa, quando outra mulher tentou o sequestro.

Deixe um Comentário