Paraná

Paraná e Norte Pioneiro se destacam entre as melhores notas do Ideb

Da Assessoria


O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) destacou nesta quarta-feira, 16, os investimentos estaduais em educação que coloca o paraná na quarta melhor posição no ranking do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) no Brasil. Apesar disso, Romanelli diz que ainda há muito a se fazer para melhorar a educação no estado.

O Ideb mede a qualidade do ensino no País e é feito a cada dois anos. Em 2017, o Paraná ocupava a sétima posição. Os dados foram divulgados nesta terça-feira, 15, e referem-se ao ano de 2019. “O Paraná tem muito que comemorar e celebrar com esse grande salto na qualidade da educação do Paraná. Parabéns a todos os nossos educadores”.

O deputado destacou que dois municípios do Norte Pioneiro estão entre as 10 melhores notas do ensino fundamental: São José da Boa Vista e Jaboti. “O Norte Pioneiro tem recebido muitos investimentos em todos os setores. Na educação, temos concentrado esforços junto aos prefeitos para garantir que toda criança esteja na escola. Esse esforço já apresenta resultados, mas precisamos melhorar”.

São José da Boa Vista conquistou nota 6,3 no Ideb. Outros dois municípios, Maripá e Virmond também obtiveram a mesma pontuação, que foi a maior entre todos os municípios paranaenses. Já a cidade de Jaboti obteve nota 6,0, a mesma obtida por Entre Rios do Oeste, Planalto e Quatro Pontes.

No geral, incluindo as escolas municipais e estaduais, o índice mais alto dos 26 municípios do Norte Pioneiro foi o de Joaquim Távora, 7,7 – o melhor desempenho da região. Depois vem Guapirama, que obteve o segundo índice mais alto: 7,4.

Evolução — Romanelli acompanha os números do Ideb para avaliar os avanços obtidos no setor e propor medidas que visem a valorização do professor e dos demais profissionais da área, bem como os recursos necessários para a melhoria do indicador.

“Desde 2005, não conquistamos um resultado tão significativo. É o maior crescimento de nota do Ideb no ensino médio. Se somadas as notas de escolas federais e privadas, o Paraná aparece em terceiro no ranking nacional”, informa. De acordo com os dados divulgados, o Paraná subiu 0,7, saindo de 3,7 para 4,4 pontos, a maior evolução desde 2005.

Outro dado também coloca o Paraná em destaque. “Entre as redes estaduais no ensino fundamental, das escolas dos anos iniciais [até o 5º ano] estamos em primeiro lugar, com nota 6,8. Já nos anos finais [do 6° ao 9° ano] estamos na terceira posição”.

Romanelli aponta quatro principais fatores que levaram o Paraná a melhorar o Ideb. Segundo ele, o conjunto de fatores da melhoria da Educação inclui o fortalecimento do trabalho dos professores em sala de aula; a criação de programas de redução da evasão escolar, como o Presente na Escola e Escola Paraná; as melhorias na gestão das escolas e a criação de programas de redução de reprovação, como o Mais Aprendizagem, Prova Paraná, Se Liga!

“O Paraná está construindo uma educação forte, que prioriza investimentos em melhoria das instalações, como as que já foram feitas e anunciadas em vários municípios do Norte Pioneiro. É essa união que fez do Paraná um dos estados com a melhor educação do país”, conclui.

Deixe um Comentário