Ribeirão do Pinhal

Operação promove limpeza de locais públicos em Ribeirão do Pinhal

Trabalho iniciado no sábado vai fazer a desinfecção de unidades de saúde, entidades e instituições da cidade

Trabalho de desinfecção das entidades, instituições e unidades de saúde de Ribeirão do Pinhal está sendo feita pela Sanepar
CRÉDITO: DIVULGAÇÃO/PREFEITURA DE RIBEIRÃO DO PINHAL

De: Assessoria


Para intensificar o combate ao novo Coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de Ribeirão do Pinhal em parceria com a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) está realizando o serviço de limpeza e desinfecção de locais públicos. O trabalho iniciou-se no sábado (23) nas Unidades Básicas de Saúde, no Hospital e Maternidade Nossa Senhora das Graças e Lar São Vicente de Paulo e deve se repetir uma vez por semana.

O objetivo da ação foi limpar os ambientes para que a contaminação não circule nos ambientes das instituições e assim garantir maior segurança aos profissionais da saúde e proteger a população que frequenta esses locais.

A equipe da Sanepar realizou o trabalho com todos os equipamentos de segurança necessários e utilizou hipoclorito de sódio diluído, um dos produtos indicados pela Agência Nacional de Saúde (Anvisa), na parte externa das instituições, como paredes, muros, grades, calçadas, estacionamentos e, também, nos arredores desses locais. Esse produto elimina gotículas do vírus no ponto aplicado, é lançado pelo caminhão hidrojato pelos funcionários da Sanepar. Todo o trabalho foi acompanhado pela equipe da Secretaria Municipal de Saúde.

O gerente Regional da Sanepar em Cornélio Procópio, Bráulio Leonel, afirma que o trabalho de desinfecção realizado nos hospitais e asilos reforça o objetivo sanitarista da empresa. “Já levamos saúde para a população através do fornecimento de água com qualidade e do tratamento do esgoto. Agora, com esta ação de desinfecção, contribuímos protegendo a saúde da comunidade local contra o Coronavírus”, comenta.

A Prefeitura recomenda que a população permaneça em casa, evitando aglomerações e que adote medidas como lavar as mãos com água e sabão ou álcool gel 70%; não compartilhar objetos de uso pessoal; evitar contatos físicos como abraços, beijos ou apertos de mão; ao tossir ou espirrar, cubra o nariz e a boca usando a dobra do braço.

Caso apresente sintomas da doença, como febre e desconforto respiratório, procurem uma unidade de emergência e entrem em contato com a Coordenação de Vigilância Epidemiológica pelo telefone ou whatsapp (43) 99936-8616.

Deixe um Comentário