Paraná Policial

Operação prende 68 e cumpre 80 mandados de busca e apreensão

De: Agencia de Noticias


A operação da Polícia Militar e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), nesta quarta-feira (31/07), resultou em 68 mandados de prisão (34 em abordagens e 34 em unidades prisionais) e 80 mandados de busca e apreensão cumpridos. A operação teve o objetivo de desarticular grupos associados a homicídios, tráfico de drogas e outros crimes, e abrangeu 40 municípios da Capital, Região Metropolitana e Interior do Estado.

Segundo o comandante do 5º Batalhão de Polícia Militar (5º BPM), major Nelson Villa Júnior, antes da operação houve um grande trabalho de inteligência, em conjunto com o Ministério Público, para descobrir os líderes e demais integrantes das facções criminosas.

“O levantamento de informações teve início há cerca de um ano e meio, a partir de uma reunião entre o Comando Regional da PM de Londrina e o Ministério Público. Durante as investigações as diligências acabaram produzindo informações que viabilizaram a decretação dos mandados de prisão e de busca e apreensão cumpridos hoje”, explicou.

Ao longo do dia, cerca de 260 policiais militares de diversas unidades operacionais estiveram nas ruas para cumprir os mandados judiciais. Casas, delegacias e penitenciárias foram alvo de abordagens e encaminhamentos. Participaram a Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam), Pelotões de Canil e de Choque, com apoio do Batalhão de Operações Especiais (Bope), do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (Bpmoa) e do Batalhão de Polícia Ambiental Força Verde (BPAmb-FV).

O major Villa explicou que os grupos tinham envolvimento com diversos tipos de crimes. “Eles planejavam e praticavam inúmeros ilícitos penais, como homicídios, discutiam sobre possíveis atentados contra agentes públicos, crimes de roubo, extorsões de toda a ordem, crimes contra o patrimônio e sequestros, entre os próprios agentes, às vezes, desse mesmo grupo criminoso”.

Ele destacou que os efeitos das prisões e apreensões significam mais segurança e tranquilidade à população. “A Polícia Militar está dando respostas firmes e contundentes no combate ao crime organizado, eles estão o tempo todo sendo vigiados. À comunidade, deixamos o recado de que ela tem uma polícia forte, atenta e que na medida em que criminosos dessa periculosidade foram retirados de circulação, evidentemente ela está mais segura”, disse.

A operação ocorreu em 40 municípios de todo o Estado. Na Capital, houve abordagens no bairro Cajuru e nas dependências das Penitenciárias Estaduais de Piraquara I e II, onde há pessoas que, mesmo presas, mantinham contato com outros integrantes e se envolviam nas ações criminosas. Os trabalhos nas unidades prisionais contaram com apoio da Seção de Operações Especiais do Depen (Departamento Penitenciário do Paraná).

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

Deixe um Comentário