Paraná

Novos helicópteros reforçarão trabalho da polícia do Paraná

Governador Ratinho Junior autorizou a Secretaria da Segurança Pública a iniciar o processo de licitação

CTRÉDITO: AEN

Da Agência Estadual


O Governo do Estado confirmou nesta quarta-feira (10) um reforço em equipamentos de segurança para as polícias do Paraná. Na solenidade em que entregou mais 102 novas viaturas para as polícias Militar e Civil, o governador Carlos Massa Ratinho Junior também anunciou a autorização para que a Secretaria da Segurança Pública inicie o processo de licitação de cinco helicópteros. As novas aeronaves, do modelo Police, serão usadas em operações policiais e aumentarão de quatro para nove a frota aérea da PM.

“É o projeto do Governo do Estado de recuperação da frota da segurança”, afirmou o governador na solenidade, realizada na Academia Policial Militar do Guatupê, em São José dos Pinhais. “É um pequeno início daquilo que vamos investir nas Polícias Civil e Militar. Com o planejamento da Secretaria de Segurança estamos conseguindo fazer com que os investimentos se tornem realidade”, destacou o governador.

De acordo com o plano inicial, as novas aeronaves serão espalhadas pelo Paraná, nas cidades de Curitiba, Ponta Grossa, Londrina e Maringá. O outro helicóptero deve ser deslocado para a região da fronteira, entre Cascavel e Foz do Iguaçu. “Esses helicópteros darão apoio aos policiais na hora da ronda. É um compromisso nosso de fazer uma segurança cada vez melhor”, afirmou Ratinho Junior.

BONS NÚMEROS – O governador Ratinho Junior ressaltou também os bons números apresentados pelas equipes de segurança do Estado nos primeiros meses deste ano. As ações promovidas pela Polícia Civil do Paraná fizeram o número de prisões aumentar 334% (de 157 para 682) no primeiro quadrimestre de 2019 em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública, houve um aumento de 140% (27 para 65) no volume de operações no combate à criminalidade.

As ações integradas, envolvendo a Polícia Militar e a Polícia Civil, também têm dado resultado. Os dados apontam redução no índice de homicídios dolosos, que caiu 32% no Paraná no primeiro quadrimestre. O número de latrocínios (roubo seguido de morte) caiu 46% durante o quadrimestre, marcando uma das principais reduções do país.

O índice de roubo também teve queda no período (19%), assim como o roubo de veículos, que baixou em 31,4%. “É a estratégia em conjunto para levar segurança as famílias do nosso Paraná”, afirmou o governador. “Temos mais policiais na rua e por consequência estamos prendendo mais”, disse o coronel Marinho.

Deixe um Comentário