Ibaiti

Morto em confronto com a PM tinha passagens tráfico e tentativa de homicídio

Foto: Divulgação Polícia Militar

Redação InformePolicial


Alexandre dos Santos Roberto, de 20 anos, morto em confronto com policiais da Rotam, divisão de elite da Polícia Militar, na tarde desta quinta-feira (20), na Área Verde, em Ibaiti, tinha passagens pela polícia.

 “Xandão”, como era conhecido, usava tornozeleira eletrônica no momento da abordagem. Ele já respondeu por tráfico de drogas e tentativa de homicídio quando ainda era menor de idade.

Segundo nota divulgada pela Polícia Militar, uma equipe da Rotam realizava patrulhamento ostensivo na Área Verde no final da Rua Margarida Franklin Gonçalves, local de mata fechada e conhecido pela prática de tráfico de drogas.

Os policiais realizaram patrulhamento em vários pontos no intuito de realizar abordagem de algum suspeito, pois em outras oportunidades, durante tentativas de abordagem alguns homens empreendem fuga por diversas trilhas que existem no local.

Durante incursão por uma trilha, um dos policiais avistou um rapaz trajando camiseta de cor vermelha. Ele estava parado, mas ao ver o policial se abaixou e pegou um objeto no chão vindo na sequência se evadir por uma das trilhas.

Segundo um dos policiais, o rapaz veio em sua direção com a arma na mão, sendo de imediato dada ordem para que largasse a arma. A ordem não foi acatada, sendo que então o suspeito apontou a arma na direção do policial, que, para se defender, efetuou os disparos. Atingido, Xandão caiu ainda consciente e, ao seu lado, foi encontrado uma pistola.

Foi acionado o SAMU que conduziu o rapaz ao pronto socorro, porém faleceu a caminho de Jacarezinho. A arma de Xandão foi apreendida e entregue para a Polícia Civil, que também foi acionada ao local.

Ainda segundo nota da PM, a arma apreendida encontrava-se com uma munição na câmara, a qual foi constatada posteriormente pela equipe da Policia Civil que se encontrava com a espoleta percutida.

Deixe um Comentário