Jacarezinho

Moradores de Jacarezinho cobram mais segurança no trevo da Vila São Pedro

Acesso ao município pela rodovia estadual registra diversos acidentes graves

Trevo de acesso e saída de Jacarezinho pela PR-431 registra índice elevado de acidentes
CRÉDITO: Lucas Aleixo

Lucas Aleixo, especial para a Tribuna do Vale


Moradores de Jacarezinho cobram do DER (Departamento de Estradas de Rodagem) medidas urgentes de segurança no trevo da Vila São Pedro com a PR-431, saída para Cambará. O trecho registra alto índice de acidentes e, recentemente duas pessoas ficaram gravemente feridas após uma colisão no local. 

Por se tratar de uma baixada o fluxo de veículos é grande nos dois sentidos, quase sempre em alta velocidade. Embora haja sinalização, não há redutores de velocidade. 

A situação mais crítica é a conversão dos veículos no sentido Cambará/Jacarezinho – acesso à cidade, que exige o cruzamento da rodovia, feito em nível, e que ocasiona a maioria dos acidentes. 

“Eu estou desistindo de entrar em Jacarezinho pela Vila São Pedro. Se tem movimento, entro lá por cima. Ando mais, mas pelo menos não me arrisco. Esse trevo é muito mal planejado. A gente não tem espaço para manobrar, não consegue enxergar direito e o pessoal passa correndo. Ou seja, é um convite para acidentes”, revela o professor João Paulo da Cunha. 

“Já tem um movimento do pessoal que mora ali por perto do trevo para fazer um abaixo assinado reivindicando mudanças. Mas arrumar de verdade, não adianta pintar o chão porque isso já foi feito e os acidentes não pararam. Tem que reformar de verdade. Vamos cobrar e se tiver que fazer protesto na rodovia vamos fazer. O que não podemos mais é ficar calados diante de tantas tragédias”, completa. 

O DER foi procurado para saber há previsão de obras para melhorar a segurança no local, mas até o fechamento desta edição não houve resposta.

Deixe um Comentário