Brasil Tecnologia

Microsoft deixará de forçar usuários do Windows 10 a instalar updates

E prometeu melhorar experiência de atualizações do sistema com base em feedback dos usuários

Microsoft anunciou que está promovendo mudanças na política de atualizações do Windows 10 para melhorar a experiência dos usuários com uma filosofia de maior controle e transparência. O primeiro passo – e um dos mais importantes – para essa nova etapa do sistema operacional para computadores será deixar de forçar os usuários a instalar updates que eles não desejam.

A primeira versão do sistema operacional a oferecer esse maior nível de controle será a Windows 10 v1903, que chega em maio de 2019. Usuários de todas as versões do sistema operacional da Microsoft poderão escolher como e quando o update irá ser aplicado. Isso inclui até mesmo a possibilidade de pausar todas as atualizações por um período de até 35 dias.

Nós estamos empolgados em anunciar mudanças significativas para o processo de atualização do Windows, mudanças pensadas para melhorar a experiência, trazer mais controle para o usuário e melhorar a qualidade de updates do Windows. Nós ouvimos um feedback claro de que o processo de update do Windows em si pode ser disruptivo, particularmente porque os usuários gostariam de ter mais controle sobre quando os updates acontecem.


– Mike Fortin, vice-presidente da Microsoft
Tela de configuração de atualizações do Windows 10

As alternativas de maior controle para o usuário incluem tanto pequenas atualizações quanto os grandes updates com novos recursos que a Microsoft costuma trazer a cada semestre. No caso de atualizações significativas, o sistema operacional vai indicar os novos recursos que serão aplicados com a sua instalação para melhor instruir o usuário.

Nós vamos providenciar uma notificação de que uma atualização está disponível e é recomendada com base em nossos dados, mas será principalmente tarefa do usuário decidir quando o update será aplicado. Todos os consumidores agora possuem a habilidade de escolher explicitamente se eles querer atualizar seu dispositivo quando ele checa por atualizações ou pausar updates por até 35 dias.


– Mike Fortin, vice-presidente da Microsoft

Via: Forbes Fonte: Windows Blog

Deixe um Comentário