Carlópolis

Marília Mendonça retorna aos palcos após maternidade

FrutFest

Aos 24 anos, “rainha da sofrência” se apresentou nos palcos do Espaço das Américas em São Paulo e teve os ingressos esgotados.

Assessoria de Imprensa da FrutFest

Marília marcou sua volta aos palcos na madrugada deste sábado (07). Por volta de 00h, a “rainha da sofrência” se despediu da licença maternidade e continuou com a turnê “Todos os Cantos”, em São Paulo, agitando os fãs com seus novos sucessos e clássicos como “Infiel” e “Todo Mundo Vai Sofrer”.

Exibindo seu novo cabelo longo e loiro, a cantora apostou em um macacão de um ombro só na cor vermelho e manga bufante, moda tendência entre fashionistas. Durante conversa com fãs, a artista se emocionou e agradeceu o carinho.

Momentos antes de começar o show, Marilia Mendonça se reuniu com a imprensa para falar sobre o retorno depois do nascimento do primeiro filho, Léo, fruto do relacionamento com o compositor Murilo Huff.

A cantora confessou que a volta da rotina “está sendo louca” e que dispensou babá para os cuidados com o menino, contando com a ajuda da mãe. “A gente sente muita culpa, medo de não dar conta, de deixar o filho (…) Estou feliz. Sei que sempre vou conseguir amar ele e fazer isso é uma demonstração porque mostra que vou valorizar tudo, tenho uma vidinha para cuidar”, comentou.

De acordo com um levantamento feito pela Deezer, plataforma de streaming de música, o brasileiro gosta mesmo é de sofrer. Isso porque Marília Mendonça foi a cantora mais ouvida pelos usuários em 2019. As informações são do Jornal Meia hora.

Segundo a pesquisa, a “rainha da sofrência” teve o álbum Top 1 na plataforma e três músicas entre as 10 faixas mais tocadas este ano no país.

Além disso, Marília Mendonça, também foi coroada na lista dos álbuns mais tocados: “Todos os Cantos, Vol. 1 (Ao Vivo) ” foi o campeão de plays do ano.

Como se não bastasse, a cantora também foi a única a emplacar mais de uma música entre as 10 mais ouvidas no Brasil. E foram logo três: ‘Ciumeira’ (3ª posição), ‘Bem pior que eu” (7ª) e ‘Todo mundo vai sofrer’ (10ª).

Isso se olharmos só para o levantamento feito com os fãs de música brasileiros. Globalmente, Marília também está em destaque: foi a terceira artista mais ouvida no mundo, atrás de J. Balvin e do francês Ninho; e o seu álbum ficou na 6º colocação do ranking mundial este ano.

Em Carlópolis
Marília se apresenta em Carlópolis no dia 03 de setembro, na abertura da XI FrutFest, em um show gratuito e que já vem agitando a cidade e toda a região.

O evento vai até o dia 06 e traz ao palco principal grandes nomes da música brasileira como Felipe Araújo (dia 04), Zé Felipe e Kevinho (dia 05) e encerra com Thaeme e Thiago e também Henrique e Diego (dia 06).

Ainda restam poucas unidades de camarotes, que podem ser adquiridos através do fone/whats (43) 99825-0570, com Nilton Teles.

Deixe um Comentário