Eleições

Lupion descarta candidatura própria do DEM

Presidente estadual do Democratas assinala que partido tem vai apoiar a pré-candidatura de Marcelo Palhares

Pedro Lupion: “Nosso compromisso de apoio é com o Marcelo Palhares”
CRÉDITO: ARQUIVO

Da Redação


Diante da repercussão ocorrida no último fim de semana com a publicação de uma reportagem na Tribuna do Vale em que o atual prefeito de Jacarezinho, Dr. Sérgio Faria (DEM) admite que seu partido, admite o lançamento de candidatura própria às eleições deste ano em Jacarezinho, o presidente estadual do Democratas, deputado federal Pedro Lupion, em entrevista concedida na tarde desta terça-feira (26), descartou qualquer hipótese neste sentido, assinalando que a agremiação já se comprometeu com o pré-candidato do PSD, o empresário Marcelo Palhares.

“Não existe estra possibilidade. Isso não passa de especulação que não tem qualquer fundamento. Nosso compromisso de apoio é com o Marcelo Palhares”, assinalou, estranhando que tal informação tenha partido do prefeito de Jacarezinho, Dr. Sérgio.

O DEM em Jacarezinho é presidido pelo médico e presidente da Santa Nilton José de Souza, que é afinado com Palhares e nunca colocou em dúvida a aliança com o PSD. Ele mesmo poderia ser alternativa do partido a uma eventual candidatura, mas descarta qualquer hipótese neste sentido.

Uma fonte revelou à Tribuna do Vale que há tempo o prefeito de Jacarezinho, Dr. Sérgio vem comentando nos bastidores seu desejo de lançar um nome à sucessão, tendo como principal personagem seu secretário de Obras, José Antônio Costa.

Interessante que há meses ele havia aceitado a aliança entre o DEM e PSD, mas nas últimas semanas tem admitido a hipótese da candidatura própria. Porém, diante da posição firme de Pedro Lupion, esta passa a ser uma possibilidade remota.

O deputado federal também garantiu que não há a mínima possibilidade de o Democratas formar uma aliança com o PT da ex-prefeita Tina Toneti. Segundo Lupion, as diferenças fisiológicas entre os dois partidos impedem uma composição. “Esse assunto nunca foi tratado internamente no Democratas e não há a menor chance disso acontecer”, reiterou o presidente estadual do Democratas.

Deixe um Comentário