Cidadania Ibaiti

Jovens Promissores de Ibaiti participam de evento em Curitiba

Projeto do TJPR oferece a adolescentes acolhidos oportunidades de inserção no mercado de trabalho

Da Assessoria


Atividades do Programa Jovens Promissores foram incidas no dia 2 de outubro em Ibaiti
CRÉDITO: Divulgação

A primeira turma do Programa Jovens Promissores na Comarca de Ibaiti iniciou suas atividades no dia 2 de outubro, sob a coordenação da Juíza Fabiana Christina Ferrari e com a participação de servidores da 2ª Vice-Presidência e da Vara da Infância e da Juventude, além de profissionais da rede de proteção à criança e ao adolescente.

Após oferecer uma palestra inaugural e uma visita dos adolescentes às instalações do Fórum, a coordenação local do Programa promoveu quatro Círculos Restaurativos com os jovens destinatários de medidas protetivas ou socioeducativas. Além disso, realizou uma audiência pública com empresários da região de Ibaiti, buscando a sensibilização para a contratação de jovens aprendizes.

Já no dia 11 de outubro (véspera do dia das crianças), os adolescentes participaram de diversas atividades em Curitiba, incluindo visitas ao Departamento de Investigações sobre Narcóticos (DENARC) da Polícia Civil, ao Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) e ao 20º Batalhão de Infantaria Blindado (BIB) do Exército Brasileiro.

No TJPR, os jovens puderam conhecer o Museu da Justiça e, em seguida, foram recebidos pela 2ª Vice-Presidente, que os incentivou a aproveitarem as oportunidades viabilizadas pelo Programa.

De volta a Ibaiti, os adolescentes participarão de uma série de oficinas viabilizadas em parceria com o comércio local, quando lhes serão apresentadas múltiplas possibilidades de atuação profissional.

O Programa

Frente às dificuldades para o desenvolvimento da autonomia de adolescentes destinatários de medidas protetivas ou socioeducativas, o Tribunal de Justiça do Paraná, através do Programa Jovens Promissores, mobiliza esforços por parte de diversos setores do Judiciário, do Estado e da sociedade, buscando oferecer ferramentas para que os adolescentes acolhidos exercitem as condições necessárias para que o ingresso na vida adulta se dê de forma mais adequada.

Para tanto, são oferecidas diversas atividades formativas, seguidas de acompanhamentos individuais, buscando encaminhamentos específicos, de acordo com as necessidades e características de cada participante.

Deixe um Comentário