Cidadania Paraná Ribeirão do Pinhal

Jovem se classificada no programa ‘Geração Atitude’

Projeto de conscientização sobre doenças mentais é tema de estudante do Norte Pioneiro

Da Assessoria


Geração Atitude 2018. / Foto: Arte: Lucas Lambertucci / Alep

A criação de um Programa de Conscientização Sobre Doenças Mentais nas escolas públicas do Paraná foi a proposta inscrita no programa Geração Atitude pela aluna Anna Julia Gonçalves Teixeira. A jovem, de 18 anos, defende a abordagem sobre transtornos dessa ordem como uma forma de ajudar não apenas os alunos, mas também professores e funcionários da rede estadual.

Anna Julia estuda no Colégio Estadual Hermínia Lupion, de Ribeirão do Pinhal. Ela viu sua iniciativa classificada entre as 32 melhores, em meio a 500 inscritos no Geração Atitude 2018.

O programa desenvolvido pela Assembleia Legislativa do Paraná conta com a parceria do Ministério Público Estadual (MPE), apoio do Tribunal de Justiça (TJPR) e do Governo do Estado. O objetivo é promover a participação social e despertar o interesse dos jovens por temas como cidadania, democracia e política.

Com a Caravana da Cidadania, os estudantes selecionados virão a Curitiba no mês de novembro para apresentar suas propostas no próprio Plenário da Assembleia.  A melhor ideia poderá ser escolhida por um deputado, com a chance até mesmo de virar lei estadual. “Tive contato com várias pessoas que enfrentam situações como essas de problemas mentais.

Eu mesma sofro bastante com ansiedade e a escola não sabe muito bem lidar com isso. Pode atrapalhar qualquer um. Às vezes o que falta é uma melhor conscientização. Por isso escolhi esse tema para fazer o meu projeto”, explicou a estudante.

Ela contou que ano passado já participou de iniciativa semelhante, com sugestões apresentadas à Câmara de Vereadores da sua cidade. “Acho muito importante o envolvimento do jovem na política, pois todos somos afetados por ela”, afirmou.

Geração Atitude

O Geração Atitude é um grande programa desenvolvido pela Assembleia Legislativa do Paraná. Ele visa essencialmente promover a participação social e despertar o interesse dos jovens por temas como cidadania, democracia, política, eleições, voto consciente e o papel das instituições.

Ações específicas, como o Geração na Escola, envolvem um conjunto de atividades voltadas à formação cidadã, apoiadas em planos de aula relativos ao exercício da cidadania, que são definidos em linguagem simples e direta através do Guia do Cidadão, cartilha de 68 páginas discorrendo sobre democracia, política, eleições, direito ao voto, entre vários outros temas.

A cartilha pode ser acessada por qualquer interessado pelos sites da Assembleia Legislativa e do Ministério Público estadual.

Deixe um Comentário